Governo lança Campanha Nacional de Multivacinação

A prioridade será a prevenção do sarampo e da poliomielite

Outras notícias da semana

Delegados comentam operação que prendeu em Brusque acusado pela morte de policial civil, no Pará

Na tarde desta sexta-feira (23), foi preso em Brusque, em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela justiça paraense, um homem...

Mega-Sena acumula e próximo concurso pode pagar R$ 45 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2312 da Mega-Sena. O prêmio acumulou e a estimativa para o próximo concurso é R$...

Operação prende quadrilha suspeita de extorquir moradores do Vale do Itajaí e de outras regiões de SC

Após cerca de dois meses de investigação, a Polícia Civil de Ascurra, no Vale do Itajaí, prendeu quatro suspeitos de aplicar o...

Em jogo intenso, Brusque empata com São José e segue na liderança

Pensando em uma possível classificação, o Brusque FC enfrentou, na tarde deste domingo (25), o São José de Porto Alegre/RS, no Estádio...

O governo federal lançou hoje (2) a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação, com foco na atualização das cadernetas de crianças e adolescentes e na vacinação de crianças contra a poliomielite. A mobilização começa na próxima segunda-feira (5) e vai até 30 de outubro. O objetivo é imunizar mais de 11,2 milhões de pessoas e conscientizar a população sobre a importância da vacina para a proteção contra diversas doenças.

O público-alvo da campanha contra poliomielite são crianças de 1 ano a menores de 5 anos, que devem receber a Vacina Oral de Poliomielite (VOP), desde que já tenham recebido as três doses da Vacina Inativada de Poliomielite (VIP), do esquema básico de vacinação. Crianças menores de 1 ano (de 29 dias até 11 meses) deverão ser vacinadas seletivamente com a VIP, conforme as indicações do calendário nacional de vacinação.

O secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, destacou que, com essa mobilização, o Brasil reafirma seu compromisso internacional em manter o Brasil livre da poliomielite. Desde 1990, o país não detecta casos da doença e, em 1994, recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) a certificação de área livre de circulação do poliovírus selvagem. No cenário internacional, hoje existem dois países endêmicos para a doença: Paquistão e Afeganistão.

Crianças e adolescentes menores de 15 anos não vacinados ou com esquemas incompletos também devem comparecer aos postos de vacinação. A meta do Ministério da Saúde é alcançar, pelo menos, 95% do público-alvo.

Vacina Brasil

Medeiros explicou ainda que a campanha faz parte do movimento Vacina Brasil. “O objetivo é resgatar o sentimento de segurança, orgulho e comprometimento de pais e responsáveis em relação à saúde dos seus filhos”, explicou durante o lançamento da campanha, realizada na sede do ministério em Brasília.

Últimas postagens

Interligado – Resultado de 27 de outubro de 2020

Pizza Grande sabores tradicionais da Pizzaria D’Itália (retirada no balcão). A única pizzaria da cidade em que a pizza chega em...

Apae de Brusque recebe visita da presidente do Instituto Guga Kuerten

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Brusque recebeu na tarde de segunda-feira, 26 de outubro, a visita da diretora presidente...

Conversando com Você de 27 de outubro de 2020.

Conversando com Você de 27 de outubro de 2020.Ouça.

Previsão do tempo de 27 de outubro.

Previsão do tempo de 27 de outubro.

Manhã Mais – Resultado de 27 de outubro de 2020

Sorteio de uma lavação de tapetes da Fischer Persianas. Tapete limpo sequinho e cheiroso através da Spinner carpet na sua casa....
Publicidade
WhatsApp chat