Hospital Azambuja fala sobre experiência com enfermeiras do Ceará no combate à Covid-19

Profissionais já retornaram para Fortaleza. Duas delas ficaram em Brusque e passaram a integrar o quadro de colaboradores do hospital

Outras notícias da semana

Boletim Epidemiológico de quarta-feira, 21 de outubro

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou 25 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado...

Ocorrências de trânsito em Guabiruba são analisadas em pesquisa desenvolvida na UNIFEBE

Analisar as ocorrências de trânsito em Guabiruba e a partir disso propor planos de ações de mobilidade e modificações urbanas na cidade, é...

Delegados comentam operação que prendeu em Brusque acusado pela morte de policial civil, no Pará

Na tarde desta sexta-feira (23), foi preso em Brusque, em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela justiça paraense, um homem...

Plano Municipal de Contingência para Educação é homologado em Brusque

O Plano Municipal de Contingência para Educação de Brusque - Plancon foi homologado, na tarde desta quinta-feira (22), pelo Comitê Estratégico...

O Hospital Arquidiocesano Cônsul Carlos Renaux – Hospital Azambuja recebeu no início do mês de agosto uma equipe de 12 enfermeiras de Fortaleza (CE) para atuar na linha de frente no tratamento de pacientes com Covid-19. A vinda das profissionais foi realizada através de um convênio firmado entre o hospital e a Coopernordeste e foi realizada pelo aumento do número de casos confirmados de Coronavírus na região na época, e a projeção que havia, do pico da doença ser no mês de agosto.

Maria Vanessa Irma Olinda e Vanderlea. (Foto: Divulgação/Hospital Azambuja)

Com a diminuição do número de casos de Covid-19 em Brusque nas últimas semanas e, consequentemente a queda na demanda voltada aos atendimentos para a doença, o período de atuação das enfermeiras que seria de três meses foi reduzido e, no último dia 15 de setembro elas encerraram os serviços prestados ao Hospital Azambuja e retornaram para a capital cearense. Duas delas, entretanto ficaram em Brusque, já que receberam a proposta de contratação do hospital e agora passaram a integrar o quadro de colaboradores da instituição.

Acolhida

Uma delas é a enfermeira Maria Vanessa do Nascimento Sampaio, de 26 anos. Ela, que não pensava em sair de Fortaleza e nunca havia ouvido falar sobre Brusque optou em encarar o desafio para ter novas experiências e poder aprender ainda mais com a profissão. Desde que chegou ela atuou no pronto-socorro do hospital e teve uma importante troca de conhecimento. “É uma grande oportunidade de crescer como profissional e ser humano também. Tive uma experiência incrível com os demais colaboradores daqui, tanto os médicos, como enfermeiros, técnicos, entre outros. Aprendi muito com eles no dia a dia e fui muito bem acolhida por todos, mesmo sem conhecer ninguém. Foi pouco mais de um mês, mas todos esses dias trabalhei feliz e motivada, pois aprendia sempre, já que foi uma escola para mim estar aqui”, ressalta.

Além de atuar no hospital, nas horas vagas Maria Vanessa também passou a se dedicar como cuidadora de uma senhora, o que também a motivou a continuar em Brusque exercendo a profissão.  Feliz com as novas oportunidades ela fala sobre as expectativas futuras. “Penso em um dia trazer meus pais para morar aqui também, em especial por Brusque ser uma cidade mais tranquila e segura, comparada com a realidade de Fortaleza. Além disso, a forma como fui acolhida no hospital, me motivou a continuar. Agradeço muito a oportunidade que tive e que estou tendo em exercer minha profissão”, complementa ela, que agora atua na ala de isolamento da Covid-19 no hospital.

Amor pela profissão

Aceitar a proposta em continuar em Brusque e atuar como colaboradora do Hospital Azambuja também foi a decisão da técnica em enfermagem e socorrista profissional Vanderlea Tavares de Freitas, 48 anos. Assim como Maria Vanessa, desde a última semana ela optou em continuar exercendo sua profissão por aqui. “Foi algo novo, um grande aprendizado e uma experiência enriquecedora, em especial no contato com o próximo. Fui muito bem acolhida, pude esclarecer muitas dúvidas e contei com pessoas dispostas a me ensinar também. Fiquei apaixonada pelo hospital e pela acolhida que tive aqui e, quando soube da vaga para ficar, não pensei duas vezes”, comentou ela que inicialmente trabalhou na UTI Covid e agora atua também na ala de isolamento do Coronavírus do hospital.

Mesmo com a saudade da família ela pretende continuar trabalhando em Brusque e faz planos futuros para que os filhos possam vir para a região no ano que vem, também em busca de oportunidades. “Estou muito feliz, realizada e tenho aprendido cada dia mais. Agradeço a Deus e espero continuar fazendo meu trabalho da melhor forma possível”, acrescenta.

Troca de experiências e culturas

Segundo a gerente assistencial do Hospital Azambuja, Irmã Olinda Antônio Costa a experiência com as profissionais cearenses foi e está sendo única, à medida que oportuniza a troca de conhecimento e vivência entre as equipes e os profissionais envolvidos. “Para ambos os lados, tanto de quem veio de outro estado como para nós, daqui, foi uma experiência extraordinária. E o que uniu essas duas realidades foi o amor à profissão, a necessidade de fazer o bem para o outro. Das 12 enfermeiras, 10 ficaram aqui durante o período acordado e duas delas agora foram contratadas. Elas abraçaram a causa e agradecemos, tanto a elas como a Deus, por essa oportunidade que tivemos como instituição, que foi algo enriquecedor”, avalia a irmã. 

Hospital Azambuja. Foto: Divulgação/Hospital Azambuja)
Maria Vanessa do Nascimento Sampaio, enfermeira. (Foto: Divulgação/Hospital Azambuja)

Últimas postagens

Obituário de sábado 24 de outubro

Funerária Guabiruba Faleceu às 10 horas de sexta-feira, 23, Edna Kraeft, 66 anos, morava na Rua Adelino Erthal, Imigrantes. Corpo velado...

Tribunal acata denúncia contra Moisés e isenta Daniela; governador será afastado e vice assume

O Tribunal Especial de Julgamento acatou, no início da madrugada deste sábado (24), a denúncia contra o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) e...

Delegados comentam operação que prendeu em Brusque acusado pela morte de policial civil, no Pará

Na tarde desta sexta-feira (23), foi preso em Brusque, em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela justiça paraense, um homem...

Endorfina – resultado sorteio de 23 de outubro.

Pizza Grande  (3 sabores tradicionais) da Ramalhone Pizzaria ***Ganhadora: Angélica Ziembicki***

Operação entre as polícias de SC e do Pará prende membro de facção criminosa acusado de participar da morte de policial civil

Na tarde desta sexta-feira (23), a Polícia Civil do Estado do Pará prendeu um fugitivo, com alcunha de 'Bebe Leite', em cumprimento...
Publicidade
WhatsApp chat