Clínica Uni Duni Tê celebra 29 anos de fundação

Unidade de Serviço da Apae de Brusque é referência no Estado de Santa Catarina

Outras notícias da semana

Brusque registra seis novos casos de Covid-19 em 24h

A cidade de Brusque já tem 5.666 pacientes recuperados do coronavírus. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado neste sábado (17) o total...

UNIFEBE abre inscrições para 2021 Seleção pelo Histórico Escolar será realizada pelo site da instituição

Começou na sexta-feira (16), no Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE), o período de inscrições para a Seleção pelo Histórico Escolar de...

Boletim Epidemiológico de segunda-feira, 19 de outubro

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou 10 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado...

Dia D da Campanha de Vacinação contra Poliomielite e Multivacinação segue até às 17h nas UBS de Brusque

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Brusque, que possuem sala de vacina, seguem abertas neste sábado (17), das 8h às 17h,...

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Brusque celebra no mês de setembro de 2020 seus 65 anos de fundação. Mas, além da data que marca o pioneirismo da entidade como a primeira Apae de Santa Catarina e a segunda do país, a instituição também celebra outro momento especial: os 29 anos Clínica de Terapia Integrada Uni Duni Tê.

Fundada em 25 de setembro de 1991 a clínica é uma das três unidades de serviço da Apae de Brusque, sendo destaque no Estado e até mesmo no país pelos serviços prestados com o objetivo de prevenir deficiências, acompanhar e intervir no desenvolvimento infantil.

Início

A história da Uni Duni Tê teve início com a criação do Programa de Estimulação Precoce da Apae de Brusque no final dos anos de 1980, quando os profissionais da instituição na época perceberam que muitas crianças buscavam atendimento após os sete anos de idade, com dificuldades de aprendizagem, consequentes de atrasos no desenvolvimento que não haviam sido detectados nos primeiros anos de vida. Nesta época a equipe de profissionais, com o apoio da diretoria da Apae, iniciou um projeto, no bairro Guarani com o objetivo de prevenir, acompanhar e intervir no desenvolvimento integral de crianças de zero a três anos e 11 meses de idade. Desta forma nasceu a Uni Duni Tê, que passou a oferecer serviços como o Teste do Pezinho, acompanhamento e orientação multidisciplinar ao desenvolvimento infantil e estimulação precoce.

“Os primeiros anos de vida são muito importantes para as aquisições posteriores de uma criança, pois nessa fase ela cria caminhos para a aprendizagem conforme o seu desenvolvimento. Se ela possui atrasos, se eles não são detectados e se não são feitas intervenções adequadas, isso pode gerar dificuldades futuras em toda a sequência da vida dessa pessoa. E o objetivo da Clínica sempre foi atuar nesse sentido, com o foco da prevenção”, comenta a coordenadora da Uni Duni Tê, Valdete Batisti Archer.

Pioneirismo

Após a criação da clínica, em outubro de 1991, através de acordo firmado entre a Secretaria de Saúde do município, o Estado de Santa Catarina e Apae, o Teste do Pezinho passou a ser feito exclusivamente na Uni Duni Tê, favorecendo assim a continuidade do trabalho de prevenção, encaminhamento e o olhar para o desenvolvimento infantil dos recém-nascidos.

Desta forma, o Teste do Pezinho passou a ser realizado no Estado de SC e em Brusque, pela Uni Duni Tê, dez anos antes de ser incorporado ao Programa Nacional de Triagem Neonatal, instituído através da Portaria Nº 822, em 6 de junho de 2001.

O Teste é obrigatório e gratuito em todo o território nacional, realizado a partir da coleta de gotinhas de sangue do calcanhar dos bebês, preferencialmente no 3º dia de vida, que são enviadas para análise e podem identificar até seis tipos diferentes de doenças que, se não tratadas podem levar até a morte.

Em 2019, foram realizados 2.245 testes pela Uni Duni Tê, e em média quatro crianças por ano tiveram alterações confirmadas no exame, sendo encaminhadas para tratamentos específicos em centros de referência, e acompanhamentos necessários.

Para a garantia que todos os bebês nascidos em Brusque, Guabiruba e Botuverá possam realizar o teste, a clínica também realiza um monitoramento em parceria com os hospitais e as Unidades Básicas de Saúde da região. “Se alguma família não fez o teste, fazemos o contato, para garantir essa efetividade da triagem, já que este é o primeiro passo antes de exames de diagnósticos específicos, na identificação de possíveis doenças”, completa Valdete.

Audição

O Teste da Orelhinha é outro serviço prestado pela clínica desde 1997 e possibilita o diagnóstico precoce de perdas auditivas, além do monitoramento de crianças até três anos com risco para perda de audição tardia.

Em 2002, após a aquisição de um equipamento específico, foi possível garantir a efetividade da triagem necessária, realizada até hoje pela Uni Duni Tê.

Somente em 2019 foram realizados 2.411 testes e, por ano, também são detectadas pela clínica em média duas crianças com perdas auditivas, que posteriormente também são encaminhadas para tratamento e acompanhamento. “Pela importância que a audição e a linguagem têm no desenvolvimento da criança, sempre foram realizados trabalhos para investigação da audição. Entretanto somente com a aquisição de um aparelho específico é que a clínica passou a garantir a efetividade dessa triagem. São equipamentos modernos e de alto custo, conquistados por meio de projetos em parceria com instituições, que garantiram a qualidade dos serviços prestados”, completa a coordenadora.

Já em relação ao acompanhamento do desenvolvimento infantil, em média são atendidas 2.900 crianças por ano, que em sua maioria têm um desenvolvimento adequado para sua idade, sendo que de 1% a 2% delas precisam de um trabalho mais específico com outros profissionais da equipe multidisciplinar, por apresentarem atrasos no desenvolvimento.

Conquistas

Ao longo de quase 30 anos a Uni Duni Tê prestou seus serviços em diversos locais, entretanto em 2012 contou com um espaço próprio, inaugurado anexo à sede da Apae de Brusque, onde funciona até hoje. “Sem dúvida a Uni Duni Tê realiza um trabalho preventivo e inovador, desde o seu início até hoje, já que são poucas as cidades que atualmente possuem esse espaço, com serviços gratuitos, voltados ao atendimento multidisciplinar, para o desenvolvimento infantil. Desta forma gostaríamos de ressaltar e parabenizar todas essas pessoas que passaram por aqui e contribuíram para que a Clínica se tornasse a referência que é hoje. Além de agradecermos a todas as famílias que acreditaram e acreditam nesse trabalho”, completa Valdete.

Atendimentos

Por conta da pandemia, os atendimentos presenciais, como o Acompanhamento do Desenvolvimento Infantil, foram suspensos, entretanto estão sendo feitos de forma remota, com orientações dos profissionais da Uni Duni Tê para as famílias poderem executar as atividades em casa.

Apenas os Testes do Pezinho e da Orelhinha permanecem sendo realizados, sem interrupção, e com horário previamente agendado, de segunda a sexta-feira, das 8h às 10h. Para agendamento e mais informações, os pais devem entrar em contato com a Uni Duni Tê através do telefone: (47) 98459-0617.

Últimas postagens

Obituário de sábado 24 de outubro

Funerária Guabiruba Faleceu às 10 horas de sexta-feira, 23, Edna Kraeft, 66 anos, morava na Rua Adelino Erthal, Imigrantes. Corpo velado...

Tribunal acata denúncia contra Moisés e isenta Daniela; governador será afastado e vice assume

O Tribunal Especial de Julgamento acatou, no início da madrugada deste sábado (24), a denúncia contra o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) e...

Delegados comentam operação que prendeu em Brusque acusado pela morte de policial civil, no Pará

Na tarde desta sexta-feira (23), foi preso em Brusque, em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela justiça paraense, um homem...

Endorfina – resultado sorteio de 23 de outubro.

Pizza Grande  (3 sabores tradicionais) da Ramalhone Pizzaria ***Ganhadora: Angélica Ziembicki***

Operação entre as polícias de SC e do Pará prende membro de facção criminosa acusado de participar da morte de policial civil

Na tarde desta sexta-feira (23), a Polícia Civil do Estado do Pará prendeu um fugitivo, com alcunha de 'Bebe Leite', em cumprimento...
Publicidade
WhatsApp chat