Coronavírus em SC: Matriz de Risco aponta apenas uma região em estado gravíssimo

Apenas a região nordeste foi classificada como risco gravíssimo, esse é o menor número desde julho

Outras notícias da semana

BBF adota medidas de segurança no CT e visa o retorno de competições no bicicross

Com o ano atípico, em função da pandemia da Covid-19, a equipe BBF – Berço da Fiação procura adaptar a rotina dos atletas e...

Confira o boletim epidemiológico desta quinta-feira, 24 de setembro

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou 15 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado...

Candidato divulga nota para negar propaganda antecipada

Nota de Esclarecimento Pré candidato a prefeito e vice, Ari Vequi e Pastor Gilmar, esclarecem que alguns de seus...

Santuário Santa Paulina prepara retorno das missas presenciais com protocolo de segurança

O Santuário Santa Paulina terá o retorno das missas presenciais a partir do dia 24 de outubro. As Irmãzinhas, Padres e Colaboradores...

A Matriz de Risco Potencial atualizada nesta quarta-feira, 16, pela Secretaria de Estado da Saúde, apontou que Santa Catarina contabiliza apenas uma região em estado gravíssimo. Outras dez regiões foram classificadas em estado grave e uma (Extremo Oeste) classificada como risco alto.

Pela análise, apenas a região nordeste foi classificada como risco gravíssimo, esse é o menor número desde julho. Naquele mês, Santa Catarina chegou a ter 12 regiões de saúde neste patamar. Na semana passada, eram três regiões que estavam nessa situação.

A matriz de risco potencial das regiões foi atualizada durante a semana e os dados foram divulgados preliminarmente aos municípios catarinenses. Houve apenas duas alterações em relação à avaliação realizada na semana passada e divulgada no dia nove de setembro: as regiões de Laguna e Alto Vale do Rio do Peixe deixaram a situação gravíssima.

A avaliação de risco potencial mostra que as dimensões relacionadas à taxa de isolamento social e de isolamento dos casos foram as que mais contribuíram para o cenário grave e gravíssimo das regiões. Além disso, são avaliadas as dimensões de ampliação de leitos e de reorganização de fluxos assistenciais.

Apesar do cenário, o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, destaca que a população não pode se descuidar das medidas e do distanciamento social. “O Governo do estado vem trabalhando com eficiência no combate ao coronavírus, mas a pandemia não acabou. Precisamos nos cuidar e continuar avançando nos índices, seguindo as medidas de prevenção estabelecidas”, ressalta.

Últimas postagens

Confira o boletim epidemiológico desta sexta-feira, 25 de setembro

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou 26 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado...

Mulher de 54 anos é a 9ª vítima da Covid-19 em Guabiruba

A Prefeitura de Guabiruba, por meio da Secretaria de Saúde do município, informa e lamenta a perda de mais um guabirubense para...

Quatro policiais do 18°BPM são agraciados com medalhas, em Blumenau

Na manhã desta sexta-feira,25, três policiais militares do 18° Batalhão de Polícia Militar (18°BPM), foram agraciados com a entrega das medalhas Corpo...

Mulher é hospitalizada após cair de escada, desequilibrada por um gato

O Corpo de Bombeiros atendeu nesta sexta-feira (25), pouco antes das 9h da manhã, uma ocorrência de acidente doméstico, na rua José Schirmer, Guabiruba....

Polícia Civil cumpre mandado de busca e apreensão em Guabiruba

A Polícia Civil de Brusque, por meio da Delegacia de Guabiruba, com apoio da Divisão de Furtos e Roubos de Brusque, ...
Publicidade
WhatsApp chat