Brusque perde para Chape no oeste e decidirá o título em casa com desvantagem no placar

Outras notícias da semana

Hospital Azambuja fala sobre experiência com enfermeiras do Ceará no combate à Covid-19

O Hospital Arquidiocesano Cônsul Carlos Renaux – Hospital Azambuja recebeu no início do mês de agosto uma equipe de 12 enfermeiras de...

Confira o boletim epidemiológico desta sexta-feira, 25 de setembro

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou 26 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado...

Vice-presidente da FIESC, empresário Ingo Fischer, recebe visita do Instituto Euvaldo Lodi

O empresário e vice-presidente regional da FIESC no Vale do Itajaí Mirim, Ingo Fischer recebeu, na última semana, na sede da empresa...

Semana de Vantagens Júlio Imóveis

Se você estava aguardando o momento certo para fechar o negócio da sua vida, saiba que a hora está chegando. Na próxima semana, a...

O Brusque FC perdeu o jogo de ida da final do Campeonato Catarinense. O confronto foi realizado na noite desta quarta-feira, 9, na Arena Condá e terminou com a vitória da Chapecoense pelo placar de 2 x 0.

O título do estadual será para o Brusque uma grande missão, pois a equipe terá que aplicar o resultado de 2 x 0 ou vencer por pelo menos três gols de vantagem, para evitar decisão nos pênaltis. A Chape pode perder por um gol de diferença.

A finalíssima acontece no domingo, 13, às 16h, no Estádio Augusto Bauer.

Jogo: O primeiro gol foi anotado aos 21 minutos, na conclusão do zagueiro Luiz Otávio. Melhor em campo, os donos da casa foram para o intervalo com o placar de 1 x 0. Por sua vez, o Bruscão precisaria mostrar reação na etapa complementar.

No segundo tempo, o Brusque jogou mais ofensivo e chegou a levar perigo de gol em alguns momentos, porém, a Chape mostrou sua força de ataque. Aos 28 minutos do segundo tempo, Joilson marcou de cabeça após a cobrança de bola parada.

Ficha Técnica:

Brusque 0

Zé Carlos; João Carlos (Edílson), Ianson, Éverton Alemão e Ronaell; Rodolfo Potiguar (Émerson Martins), Zé Mateus e Thiago Alagoano; Alex Sandro (Dandan), Fabinho (Johnny) e Marco Antônio. Técnico: Jerson Testoni

Chapecoense2

João Ricardo; Matheus Ribeiro, Joílson, Luiz Otávio e Alan Ruschel; Willian Oliveira, Anderson Leite (Ronei) e Denner (Vini Locatelli); Paulinho Moccelin, Anselmo Ramon e Aylon (Ezequiel). Técnico: Umberto Louzer

Árbitro: Diego da Costa Cidra, auxiliado por Henrique Neu Ribeiro e Giseli Cazaril.

Gols: Luiz Otávio, aos 21min, no primeiro tempo; Joílson, aos 28min, no segundo.

Cartões amarelos: Luiz Otávio, Vini Locatelli (C), Marco Antônio (B)

Últimas postagens

Grupo do Bay inaugura nesta quinta-feira, 1º, Centro de Performance e Saúde

O Grupo do Bay está completando seis anos e o projeto chegou a um novo patamar neste ano de 2020. De acordo com...

Antecipação do INSS poderá ser pedida sem limitação de distância

Até 31 de outubro, os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) poderão pedir a antecipação do auxílio-doença em todas as localidades do...

Missas agora terão limite de 50% do público

Com o decreto do Governo do Estado, emitido na última quinta-feira, 24 de setembro, foi ampliada a presença de público em celebrações...

Confira o Boletim Epidemiológico da dengue desta terça-feira (29)

O Programa de Combate a Endemias da Prefeitura de Brusque contabiliza 1103 focos do mosquito Aedes Aegypti na cidade. São 32 a mais que...

Endorfina – Sorteio de 29 de setembro de 2020

Prêmio do Endorfina desta terça-feira: Arranjo com orquídeas naturais e flores desidratadas, presente da Barni Garden Center.
Publicidade
WhatsApp chat