Dr. Carlos Germano Ristow encerra sua gestão à frente da Unimed Brusque

Outras notícias da semana

Confira o Boletim Epidemiológico da Prefeitura de Brusque desta segunda-feira (10)

A Secretária de Saúde de Brusque, por meio da Vigilância em Saúde, informa os números relacionados à pandemia de Coronavírus (Covid-19) no município. Brusque registrou...

OAB Subseção de Brusque divulga Nota de Repúdio sobre as agressões de policiais militares contra jovens em Guabiruba

A OAB Subseção de Brusque divulgou nota de repúdio nesta quinta-feira, 6 de agosto, sobre as agressões de policiais militares contra jovens na cidade...

Covid-19: Boletim epidemiológico de 6 de agosto

Brusque registrou nas últimas 24 horas mais 133 casos de coronavírus. O município soma, agora, 3356 pessoas positivadas para coronavírus. Ainda nessa quinta (6), ocorreram...

Vigilância em Saúde confirma em boletim extra o 40º óbito por Covid em Brusque

A Vigilância em Saúde informa o 40º óbito relacionado ao coronavírus em Brusque. Trata-se de um homem de 72 anos, morador do...

O médico Dr. Carlos Germano Ristow concluiu sua terceira gestão à frente da Unimed Brusque na sexta-feira, 31 de julho. A Cooperativa, que completa 24 anos de trajetória no dia 2 de outubro de 2020, contou com a atuação de Dr. Carlito, como é conhecido no município e região, por 17 anos, período em que atuou como diretor vice-presidente, diretor-superintendente e por três vezes diretor-presidente.

Entusiasta do sistema cooperativista, Dr. Carlito se despede da diretoria deixando como principais contribuições em suas gestões a aquisição do terreno para construção da sede própria da Unimed Brusque, inaugurada em 2011; a aquisição de um terreno para futura construção de um hospital próprio; e a ampliação do Laboratório. Também foi em sua gestão que a Cooperativa expandiu sua área de atuação, passando a atender além dos municípios de Brusque, Guabiruba e Botuverá, as cidades de Nova Trento, São João Batista, Canelinha e Major Gercino.

O senhor acompanhou de perto toda a trajetória da Unimed Brusque, nestes quase 23 anos da Cooperativa. O que o despertou para atuar na Cooperativa por todos estes anos?

Dr. Carlito: Sempre tive um espírito muito coletivista, então me interessei muito nessa questão do cooperativismo, porque penso que ele é quase que uma ‘religião’, onde se pensa em todos. E todos esses anos à frente da diretoria da Unimed Brusque sempre se pautaram nesses objetivos, de fazer o melhor por todos e para todos, da forma mais justa e ética. Foi um período em que não geri a Cooperativa sozinho, ao contrário, sempre tive uma diretoria que trabalhou unida com o propósito de preservação da coletividade e desenvolvimento da Unimed Brusque.

Quais foram os desafios para alavancar o crescimento da Unimed Brusque?

Dr. Carlito: Temos uma Cooperativa médica, que faz parte de um sistema muito grande, próxima de três centros maiores, que são as Unimeds de Blumenau, Itajaí e Florianópolis. Apesar disso, conseguimos crescer no meio desses grandes centros, cada um com suas Cooperativas, maiores e com mais recursos financeiros.

O que podemos nos orgulhar desse período todo é que mesmo sendo menores, conseguimos ter uma situação financeira bem saudável, que nos deu condições de sermos, por um período relativamente longo, a Unimed que melhor remunerava no Estado.

O senhor sempre defendeu o propósito de investimento de um recurso próprio hospitalar na região de Brusque, acredita que este possa ser o futuro da Cooperativa?

Dr. Carlito: Eu sempre defendi a questão do recurso próprio, de fazermos um hospital, pois penso ser importante, da mesma forma que a população também tem essa visão. E nessa luta pela construção de um hospital próprio, foram pelo menos 10 anos. É algo em que eu acredito e penso que isso ainda vai acontecer, que haverá essa necessidade.

São 17 anos de atuação nas gestões da Unimed Brusque, qual o sentimento depois de tanto tempo dedicado à Cooperativa?

Dr. Carlito: Estou deixando a gestão e recebi muitas mensagens de apoio e agradecimento por tudo o que fiz. Sempre tive um bom relacionamento dentro do Sistema Unimed e estas manifestações, demonstram que tenho o respeito dos meus pares na Unimed. E isso é uma grande satisfação.

Por praticamente um quarto da minha vida estive envolvido diretamente com a Cooperativa, é algo que sem dúvida fará falta, até os desafios diários farão falta. Mas vou continuar participando, como cooperado, acompanhando os trabalhos e reuniões. Penso que cumpri meu papel, aquilo que tinha proposto.

Dentro disso, não posso esquecer de enaltecer e agradecer a todas as pessoas que ajudaram nesse crescimento da Unimed Brusque. Temos mais de 100 colaboradores, que são incansáveis. Pessoas de muita confiança e muito boa vontade para fazer o seu trabalho. Além disso, tive parceiros muito importantes na diretoria, com os quais eu tive um bom relacionamento, uma boa gestão, uma confluência de ideias.

Aproveito para agradecer a todos os colaboradores, a todas as pessoas que trabalharam conosco, seja diretamente, ou indiretamente. Foi um trabalho em conjunto, por todos estes anos.

Neste ano de 2020, em especial, a Unimed Brusque teve uma atuação de destaque com relação à pandemia da Covid-19. Qual sua avaliação sobre os trabalhos até então realizados?

Dr. Carlito: Essa pandemia deu uma reviravolta em tudo, inclusive prorrogou nosso mandato, que deveria ter encerrado em março. Sob este aspecto tive a felicidade de participar de um programa que instituímos logo no início aqui na Unimed, de um ambulatório exclusivo para atendimento dos pacientes Covid-19 e tivemos a coragem de iniciar com um protocolo de tratamento precoce, com a hidroxicloroquina. É um medicamento polêmico, mas foi uma decisão conjunta da diretoria, de acreditar nesse tratamento. Até onde podemos avaliar, tem ajudado muito nos pacientes que optaram por esse tratamento e tivemos bons resultados – dados estes que serão compilados e publicados futuramente. E temos visto que outros serviços, até públicos, como a própria Prefeitura de Brusque, passaram a adotar o tratamento precoce também.

Quais são suas perspectivas sobre o futuro da Unimed Brusque?

Dr. Carlito: É logico que esperamos que haja continuidade dos trabalhos, que se enxergue a necessidade de se fazer algum recurso próprio hospitalar. Mas eu realmente espero que a nova diretoria consiga manter o que fizemos até agora e preferencialmente, que consiga evoluir. Eu continuarei participando e tentando colaborar nesse sentido.

*** Eleições***

A Unimed Brusque elegeu sua nova Diretoria Executiva, bem como os integrantes dos Conselhos Fiscal e Vogal da Cooperativa, no dia 29 de julho. Na oportunidade, foram eleitos os médicos Dr. Humberto Teruo Eto, Dr. Charles Machado e Dr. Cláudio dos Santos, para exercerem os cargos de diretor-presidente, diretor vice-presidente e diretor-superintendente, respectivamente, para gestão 2020/2023. Também foram eleitos seis integrantes do Conselho Vogal (gestão 2020/2023) e os seis integrantes do Conselho Fiscal da Unimed Brusque, sendo três conselheiros e três suplentes (gestão 2020/2021).

Últimas postagens

Interligado – sorteio 12 de agosto.

Pizza média 3 sabores (consumir no local) da Choperia Golden Bier, aberta de domingo a sexta das 18:00 às 23:00 e aos...

Fundação Cultural está com matrículas abertas; termina nesta quinta, 13

Encerra nesta quinta-feira (13) o período de inscrições para os cursos da Escola de Artes da Fundação Cultural de Brusque. As aulas são gratuitas...

Conversando com Você de 12 de agosto de 2020

Conversando com Você de 12 de agosto de 2020. Ouça! Conversando com Você de 12 de agosto de...

Previsão do tempo de 12 de agosto.

Previsão do tempo de 12 de agosto.

Câmara Municipal de Guabiruba realiza sessão na noite de terça

Na noite de terça-feira, 11, os vereadores guabirubenses realizaram mais uma sessão ordinária da Câmara Municipal, sendo os trabalhos presididos pela vereadora Rosita Kohler (Progressistas)....
Publicidade
WhatsApp chat