ANS retira teste para covid-19 de lista obrigatória de cobertura

Outras notícias da semana

DIC finaliza investigação sobre homicídio no Rio Branco

O delegado Alex Bomfim Reis afirma que a Polícia Civil elucidou o homicídio que envolve a morte de Fábio Júnior de Paula,...

Confira o boletim epidemiológico desta quinta-feira, 24 de setembro

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou 15 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado...

Brusque se despede da Copa do Brasil após segunda derrota para o Ceará, mas deixa marca de luta em fase inédita

O Brusque FC foi eliminado da Copa do Brasil 2020, após a segunda derrota para o Ceará, em jogo realizado na noite...

Boletim confirma morte de homem de 65 anos por Covid-19; 55 óbitos no município

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou nova redução no número de casos ativos de Covid-19 na cidade, nas últimas 24 horas....

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) decidiu retirar do rol de procedimentos obrigatórios dos planos de saúde os exames sorológicos, conhecidos como testes rápidos, para detecção da covid-19.

Os testes, que identificam se a pessoa desenvolveu anticorpos após exposição ao novo coronavírus, foram incluídos devido a uma liminar da Justiça Federal de Pernambuco. A agência recorreu da medida e o Tribunal Regional Federal da 5ª Região acatou o pedido.

No recurso, a ANS alegou que estudos e análises de diversas sociedades médicas e de medicina diagnóstica mostram controvérsias técnicas em relação aos resultados desse tipo de exame e a possibilidade de alto percentual de falso-negativo.

Em reunião da diretoria da agência, transmitida online nessa quinta-feira (16), os diretores votaram pela suspensão dos efeitos da resolução que incluiu os testes IGA, IGC e IGM na cobertura dos planos.

O diretor-presidente substituto da ANS, Rogério Sacarabel, esclareceu que, além da questão científica, que ainda está em análise, uma incorporação inadequada de um exame pode não ser benéfica para o consumidor, já que impacta diretamente os custos assistenciais do sistema, que também são repassados aos usuários.

Sacarabel ressaltou que, desde o início da pandemia, em março, a agência incluiu espontaneamente no rol de procedimentos básicos dos planos o teste RT-PCR para diagnóstico da covid-19. 

Na reunião também foi aprovada a realização de uma audiência pública para dar continuidade à discussão sobre o assunto. Mas a data ainda não foi divulgada.

Últimas postagens

Jovem de 28 anos morre após acidente de trânsito, na SC-410, Nova Trento

A Polícia Militar Rodoviária atendeu um acidente de trânsito com vítima fatal, no Km 28,600 da SC 410, em Nova Trento, por...

Mega-Sena, concurso 2.303: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 60 milhões

A Caixa fez neste sábado (26) em São Paulo o sorteio do concurso 2.303 da Mega-Sena. As dezenas sorteadas foram as seguintes: 03 - 07...

Idosa de 81 anos é a 57ª vítima fatal da Covid-19 em Brusque

Foi registrada neste sábado (26), em Brusque, o 57° caso de morte por coronavírus em Brusque. Trata-se de uma idosa de 81...

Homem é preso pela PM por homicídio cometido no Limoeiro

A Polícia Militar de Brusque, em apoio à Polícia Militar de Itajaí, deteve um homem de 39 anos na noite deste sábado...

Setembro Amarelo: Campanha de prevenção ao suicídio é destaque no Jornal da Diplomata em entrevista com integrantes do CVV

Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, organiza nacionalmente o Setembro Amarelo. O dia...
Publicidade
WhatsApp chat