Câmara de Guabiruba aprova projeto que possibilita gratificação para servidores da linha de frente contra o Covid-19

O coronavírus e o aumento de casos na região e medidas que devem ser tomadas foram temas também do encontro.

Outras notícias da semana

Governo de SC estabelece regramentos sanitários para eventos sociais no Estado

O Governo de Santa Catarina publicou nesta sexta-feira, 18, portarias que estabelecem critérios para retorno gradual e monitorado de congressos, concursos públicos,...

Bruscão volta a vencer após tropeços e mantêm liderança na Série C do Brasileiro

Na tarde deste domingo, 20, o Brusque FC recebeu no estádio Augusto Bauer o Tombense de Minas Gerais, em jogo valido pela 7ª rodada...

Live de contação de histórias do Observatório Social de Brusque será nesta quarta-feira, 23

O Observatório Social de Brusque (OSB Brusque) promove nesta quarta-feira, 23 de setembro, uma live do Programa “Era uma vez, uma semente...

COVID-19: Boletim epidemiológico desta terça-feira, 15 de setembro

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou 30 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado...

Na noite de terça-feira, 14, a Câmara Municipal de Guabiruba realizou a última sessão antes do recesso parlamentar que irá de 17 a 31 de julho. A sessão foi presidida pela vereadora Rosita Kohler (Progressistas), contando com a participação dos demais oito vereadores e funcionários através de encontro remoto (videoconferência).

Os principais temas abordados foram as ações no combate ao coronavírus (Covid-19) em Guabiruba e também a votação de um projeto que define gratificação financeira para os profissionais da área da saúde que estão na linha de frente no combate a pandemia.

O vereador Waldemiro Dalbosco (Progressistas) comentou sobre recebimento de ofício informando sobre a destinação de emenda parlamentar da deputada federal Ângela Amim, para aquisição de uma retroescavadeira no valor de R$ 250 mil, para Guabiruba, o pedido faz parte da Lei Orçamentaria Anual (LOA).

Dabosco, também comentou sobre sua preocupação após declarações de Guilherme Paladini, superintendente da Guabiruba Saneamentos sobre os investimentos realizados e programadas no sistema de captação e distribuição de água. Segundo o parlamentar o Sistema de Reservação não consta conforme promete no projeto de concessão aprovada pela câmara. A aquisição do reservatório no primeiro ano seria fundamental para a não faltar água no final do ano, ele solicitou o envio de ofício cobrando explicações.

O vereador líder de governo Cristiano Kormann (Progressistas) voltou a repercutir a situação do combate a pandemia no município, na semana passada alguns vereadores de oposição criticaram a administração municipal pela demora na abertura do Centro de Triagem para Sintomáticos Respiratórios, mas segundo o parlamentar reforçando inclusive nota divulgada pela assessoria de comunicação da prefeitura não é vereador A ou B, que sabe o momento de abrir o Centro de Triagem, mas sim os profissionais da saúde que vivem o dia a dia no combate do coronavírus. 

O parlamentar também afirmou que ninguém até o momento deixou de receber atendimento e o quadro de funcionários é o suficiente para realização de todos os procedimentos no combate a pandemia. Ele também lamentou afirmando que “o oportunismo político nesse momento é muito invalido e só tumultua”, completou Kormann.

Sobre a aprovação do Projeto de Lei n. º 09/2020, de origem executiva, que “Cria gratificação especial e transitória para os profissionais de saúde que atuam diretamente no enfrentamento ao coronavírus”, o vereador destacou a importância do mesmo, lamentando mais uma vez o oportunismo político do vereador líder de oposição que queria estender a gratificação para todos os servidores, sendo que o projeto era claro, somente para quem está atuando na linha de frente no combate a pandemia, sendo que o legislativo também não pode criar despesas para o município (com a emenda rejeitada do vereador Jaime Nuss, isso ocorreria, sendo inconstitucional).

O vereador Felipe Eilert dos Santos (PT) acompanhou o colega vereador Waldemiro e externou preocupação pelo motivo de não incluir-se o Sistema de Reservação no plano de investimento inicial da Guabiruba Saneamentos. O vereador também relatou que foi procurado por munícipes que reclamaram da falta de água nos bairros Pomerânia e Aymoré.

Sobre a nota da prefeitura que afirma que o Centro de Triagem será aberto não em decorrência de vereador A ou B e sugere um oportunismo político de parlamentares ao comentar esse tema, o vereador discorda do posicionamento. Segundo ele o papel do vereador e discutir e apresentar ideias. “Não aceitar críticas é bem pior” frisou Santos.

O vereador Jaime Luiz Nuss (MDB) voltou a cobrar a abertura do Centro de Triagem para o atendimento de pessoas com sintomas de coronavírus.

Também solicitou que o prefeito baixe um decreto similar ao de Brusque, exigindo a aferição de temperatura em estabelecimentos de grande circulação de pessoas como supermercados. Disse que foi informado que empresas já estão fazendo essa aferição, também sugeriu que a classe empresarial deveria se unir para aquisição de testes para a covid-19 e disponibiliza-los para os funcionários, que na sua maioria não tem condições financeiras para comprar.

O parlamentar também comentou sobre a rejeição de sua emenda ao de Projeto de Lei n. º 09/2020, de origem executiva, que “Cria gratificação especial e transitória para os profissionais de saúde que atuam diretamente no enfrentamento ao coronavírus”, o vereador afirmar que sua intenção era estender a gratificação de 30% a todos os funcionários do setor da saúde.

O parlamentar também afirmou que em nenhum momento falou algo negativo contra os funcionários do setor da saúde, que no seu ponto de vista então realizado um excelente trabalho.

O vereador Haliton Kormann (MDB) falou sobre o decreto do governo do estado relacionado ao Covid-19, afirmando que nada mudou, sendo que mais uma vez as decisões ficaram a cargo dos prefeitos. Ele aproveitou para cobrar um decreto mais rígido por parte da Prefeitura de Guabiruba, sobre o uso de máscaras, funcionamento de bares, lanchonetes, supermercados e bancos. 

O parlamentar informou que realizou a leitura de matéria jornalística que a Unimed de Brusque está realizando o tratamento preventivo com medicamentos, como hidroxicloroquina, ivermectina e demais medicamentos que segundo eles estão sendo eficazes no tratamento. Haliton questiona porque a população não pode ter acesso e esses medicamentos.

Haliton também comentou o conteúdo de uma nota divulgada pela assessoria de imprensa da prefeitura que falava em oportunismo político e criticava a liberdade expressão dos vereadores, segundo o parlamentar é lamentável a situação já que vivemos em um país democrático.

O vereador Paulo Ricardo Gums (Progressistas) comentou sobre importantes obras realizadas pelo poder público na cidade. Entre elas as obras da Rua Antônio Fischer no bairro São Pedro.

O parlamentar também informou a alguns colegas que comentaram o assunto, que a maioria das empresas da cidade já estão aferindo a temperatura dos funcionários e de pessoas que circulam nas dependências das mesmas.

O vereador Vilmar Gums (MDB) solicitou o conserto de lajotas soltas na Rua Carlos Kohler e conserto das pontes nas ruas Otto Lofhagen e Ana Kohler.

Em decorrência da demora no recapeamento do asfalto na Rua Carlos Boos, Aymoré o vereador solicitou a realização de uma operação “Tapa Buracos” no local e também em outras vias do centro.

Explicações pessoais:

O vereador Waldemiro Dalbosco solicitou o espaço para lamentar a maneira que o vereador Jaime Nuss, de forma pejorativa afirmou na sessão passada que ele é empresário e teria R$ 250 para fazer exames e comprar medicamentos para covid-19. Mas, na sessão atual solicitou seu apoio como empresário para ajudar no convencimento para aquisição de testes para os funcionários das respectivas empresas. 

Dalbosco finalizou afirmando que ele é empreendedor e cumpridor dos seus deveres e isso também acaba refletindo em oportunidades para fazer boas ações para a cidade.

O pedido de réplica do vereador Jaime, foi negado pela presidência.

ORDEM DO DIA

– Foi aprovado em regime de urgência especial e por unanimidade o Projeto de Lei nº 09/2020, que “CRIA GRATIFICAÇÃO ESPECIAL E TRANSITÓRIA PARA OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE QUE ATUAM DIRETAMENTE NO ENFRENTAMENTO AO CORONAVÍRUS – COVID 19”.

OBS. Ainda dentro do mesmo tema foi rejeitado emenda verbal do vereador Jaime Nuss, que solicitava a extensão da gratificação para todos os funcionários da Secretaria de Saúde.  A rejeição foi por 5 votos a 3. Votos a favor do autor Jaime, Vilmar e Haliton.

Nada mais havendo a tratar, foi declarada encerrada a sessão ordinária, convocando a próxima para o dia 04 de agosto de 2020, no horário regimental às 19 horas.

Últimas postagens

BBF adota medidas de segurança no CT e visa o retorno de competições no bicicross

Com o ano atípico, em função da pandemia da Covid-19, a equipe BBF – Berço da Fiação procura adaptar a rotina dos atletas e...

Conversando com Você de 22 de setembro de 2020

Conversando com Você de 22 de setembro de 2020 Conversando com Você de 22 de setembro de 2020

Previsão do tempo de 22 de setembro.

Previsão do tempo de 22 de setembro.

Diretor Geral da Secretaria de Saúde fala sobre trabalho de fiscalização e novo decreto

Os casos têm registrado queda nos últimos dias no que diz respeito ao número de ativos, embora o número total de casos desde...

Manhã Mais – Resultado de 22 de setembro de 2020

Sorteio de uma lavação de tapetes da Fischer Persianas. Tapete limpo sequinho e cheiroso através da Spniner carpet na sua casa. Ligue...
Publicidade
WhatsApp chat