Se Congresso quiser valor de R$400, R$500 ou R$600 para novas parcelas de renda emergencial eu veto, diz Bolsonaro

Bolsonaro defendeu que é necessário que os Três Poderes tenham responsabilidade, porque “se o Brasil quebrar, não tem para ninguém”.

Outras notícias da semana

Homem de 32 anos é encontrado sem vida às margens da Rua da Fazenda

Um homem de 32 anos, identificado como Jean Carlos Castellain, foi encontrado sem vida às margens da rua Abraão de Souza e...

Brusque FC presta homenagem a atletas que completaram 50, 100 e 150 jogos com a camisa quadricolor

Na manhã de sábado (24), o Brusque Futebol Clube prestou homenagem aos atletas que completaram 50, 100 e 150 jogos com a...

Brusque registra 14 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h

A cidade de Brusque registrou 14 novos caso de coronavírus nas últimas 24 horas. É o que aponta o mais recente boletim...

Operação prende quadrilha suspeita de extorquir moradores do Vale do Itajaí e de outras regiões de SC

Após cerca de dois meses de investigação, a Polícia Civil de Ascurra, no Vale do Itajaí, prendeu quatro suspeitos de aplicar o...

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que há consenso com a equipe econômica para o pagamento de mais parcelas da renda emergencial a vulneráveis mas alertou que ela não será de 600 reais e que o valor será vetado, caso seja aprovado pelo Congresso.

Segundo ele, uma prorrogação do valor cheio da renda irá aumentar excessivamente o endividamento do país.

“Duas parcelas já houve consenso com a equipe econômica”, disse, em live do presidente em sua conta no Facebook.

“A parcela não seria de 600, a gente não pode gastar mais 100 bilhões de reais. Não tem como. Eu gostaria que fosse possível”, afirmou.

Bolsonaro defendeu que é necessário que os Três Poderes tenham responsabilidade, porque “se o Brasil quebrar, não tem para ninguém”.

“Vamos supor que chegue a uma proposta de duas (parcelas) de 300 (reais). Se a Câmara passar para 400, 500, ou voltar para 600, qual vai ser a decisão minha para que o Brasil não quebre?”, questionou.

“É o veto”, completou, voltando a cobrar que governadores e prefeitos flexibilizem as regras de distanciamento e isolamento social —medidas de contenção da disseminação do novo coronavírus— para que a atividade econômica seja retomada.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), tem declarado a tendência, entre deputados, favorável a mais duas parcelas de 600 reais. Também tem martelado, no entanto, que os parlamentares estão abertos à negociação com o governo.

FAKE NEWS

Ao comentar sobre o Judiciário, Poder com quem tem protagonizado embates, Bolsonaro avaliou que, no seu “entendimento”, “interfere em muitas ações” que não deveria.

O presidente aproveitou a transmissão ao vivo para cobrar que o Supremo Tribunal Federal (STF) também promova ações de busca e apreensão contra parlamentares contrários a ele no âmbito de inquérito que apura possível associação criminosa de disseminação de fake news, que contaria, inclusive, com o financiamento de empresários.

Ação da Polícia Federal no fim de maio autorizada pelo STF cumpriu mandados de busca e apreensão contra aliados e apoiadores do presidente.

Bolsonaro também comentou ações em análise no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), movidas pelas chapas presidenciais encabeçadas por Marina Silva (Rede) e Guilherme Boulos (PSOL) em casos referentes a um ataque de hackers de uma página no Facebook intitulada “Mulheres Unidas contra Bolsonaro”.

“Espera aí, oh, TSE, alguém hackeou uma página lá e quem tem que ser cassado sou eu, pô? Não tem cabimento uma coisa dessa aí”, afirmou.

Para ele, as ações, que tiveram sua análise adiada na última terça-feira por um pedido de vista, deveriam ser arquivadas e deixam claro o intuito da tentativa de “querer decidir no tapetão”.

Considerou ainda exagerada qualquer decisão de cassação de uma chapa por conta de um hacker e ironizou que o responsável pelo ataque à página seria um “gênio” se com essa invasão tivesse a capacidade de interferir nas eleições.

Fonte: Agência Reuters

Últimas postagens

Boletim Epidemiológico de quarta-feira, 28 de outubro

Boletim Epidemiológico de quarta-feira, 28 de outubro A Prefeitura de Brusque, por meio da Vigilância em Saúde, registrou 6...

Angeloni contrata

Angeloni de Brusque contrata: Líder de mercearia;Líder de padaria produção e balcão;Operador de caixa;Açougueiro;Auxiliar de Produção – Padaria;Técnico em...

Atleta apoiado pelo Bandeirante vence ultramaratona em Bombinhas

Ao longo de sua história, a Sociedade Esportiva Bandeirante sempre apoiou atletas de diferentes modalidades. Há seis meses, o clube disponibiliza sua estrutura para os...

Brusque FC relaciona 19 atletas para enfrentar o Ituano

O técnico Jerson Testoni relacionou os seguintes atletas para a partida contra o Ituano, nesta quinta-feira (28), em Itu. Goleiros: Dida...

Endorfina – Resultado de 28 de outubro de 2020

Chapa de carnes da Golden Bier. Durante o mês de Outubro, de quinta a domingo ao meio dia tem almoço Campi Buffet,...
Publicidade
WhatsApp chat