Polícia Federal cumpre mandados do inquérito das fake news na casa e no escritório de Luciano Hang

Outras notícias da semana

Mega-Sena acumula e próximo sorteio deve pagar R$ 33 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2276 da Mega-Sena, sorteadas no sábado (4) à noite, no Espaço Loterias...

Roubos e prisão por embriaguez são atendidos pela PM de sábado (4) para domingo (5)

A Polícia Militar teve bastante trabalho no plantão das últimas 24 horas, atuando em diversas ocorrências desde a manhã de sábado (4)....

PM flagra dois casos de tráfico de drogas na rua José Beauting, bairro Azambuja

Dois flagrantes de tráfico de drogas na rua José Beauting, bairro Azambuja, foram realizados pela Polícia Militar, na noite e início da madrugada, de...

COVID-19 – URGENTE Brusque registra o quarto óbito em decorrência da doença

A Prefeitura de Brusque comunica que na noite desta sexta-feira (3) foi registrada a quarta morte associada ao coronavírus. Trata-se de um...

A Polícia Federal (PF) cumpre, desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira (27), ordens judiciais determinadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

As ordens judiciais tratam de investigações sobre fake news, como base no inquérito nº 4.781, conduzido pelo ministro Alexandre de Moraes.

Entre os alvos estão: o ex-deputado federal Roberto Jefferson, o empresário Luciano Hang, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP) e blogueiro Allan dos Santos. Os quatro são aliados do presidente Jair Bolsonaro.

O empresário Luciano Hang, já se manifestou sobre a operação na manhã desta quarta-feira, através da sua página no Fabebook, ao vivo, em que se defende das acusações.

“Busca e apreensão na minha casa e no meu escritório, levaram o meu celular, o meu computador pessoal para ver se se eu tinha feito alguma coisa contra o STF (fake news contra à corte), jamais atentei contra o STF, contra os ministros, estou muito tranquilo”, comentou Hang.

O empresário Luciano Hang, já se manifestou sobre a operação na manhã desta quarta-feira
O empresário Luciano Hang, se manifestou sobre a operação na manhã desta quarta-feira, ao vivo, através da sua rede social no Facebook.

Por meio de nota oficial à imprensa, o empresário disse:

O Supremo Tribunal Federal abriu inquérito para investigar fake news que atinjam a Corte e seus ministros. Estou sendo um dos alvos da operação, porém, de consciência tranquila de que jamais atentei contra eles ou contra a instituição. Nada tenho a esconder, uma vez que tudo o que falo está nas minhas redes sociais e é de conhecimento público. Meu computador pessoal e inclusive meu celular foram disponibilizados para a perícia, o que ficará comprovado no decorrer do inquérito”, diz, Luciano Hang

Os policiais federais cumprem 29 mandados de busca e apreensão em endereços no Distrito Federal, Rio de Janeiro, em São Paulo, Mato Grosso, no Paraná e em Santa Catarina.

Últimas postagens

Ministério da Saúde habilita novos leitos de UTI do Hospital Azambuja

Na última sexta-feira, 3 de julho, foi publicada a Portaria do Ministério da Saúde a qual habilita os 10 (dez) novos leitos...

PRE interrompe trânsito para remoção de caminhão que caiu em ribanceira na SC-108

Um caminhão saiu da pista e tombou em uma ribanceira às margens da rodovia Gentil Batisti Archer (SC-108). O acidente ocorreu por...

Caminhão se desgoverna ao descer a rua Gustavo Halfpap

Um caminhão deslizou ao descer a rua Gustavo Halfpap e se chocou contra o guard-rail e o muro da residência que fica...

Conversando com Você de 06 de julho de 2020

Conversando com Você de 06 de julho de 2020. Ouça! Conversando com Você de 06 de julho de...

Previsão do tempo de 06 de julho de 2020.

Previsão do tempo de 06 de julho.
Publicidade
WhatsApp chat