Hospital Azambuja esclarece informações sobre leitos de UTI para Covid-19

Hospital Azambuja esclarece informações sobre leitos de UTI para Covid-19

Outras notícias da semana

Live de contação de histórias do Observatório Social de Brusque será nesta quarta-feira, 23

O Observatório Social de Brusque (OSB Brusque) promove nesta quarta-feira, 23 de setembro, uma live do Programa “Era uma vez, uma semente...

Jovem de 28 anos morre após acidente de trânsito, na SC-410, Nova Trento

A Polícia Militar Rodoviária atendeu um acidente de trânsito com vítima fatal, no Km 28,600 da SC 410, em Nova Trento, por...

Brusque cede ao empate contra o Volta Redonda, em jogo de pênalti, virada e superação por desfalques

O Brusque FC chegou muito perto da vitória por 2 x1, mas, no final do segundo tempo cedeu à pressão e ficou no...

Michel Belli desiste da candidatura de vice-prefeito com Paulo Sestrem e decide apoiar Ciro Roza

O empresário Michel Belli (PSC) desistiu da candidatura de ser vice-prefeito ao lado de Paulo Sestrem, do Republicanos. Antes de uma oficialização...

O Hospital Arquidiocesano Cônsul Carlos Renaux – Hospital Azambuja esclarece algumas informações repassadas pela Secretaria Municipal de Saúde de Brusque, através de seu secretário Dr. Humberto Fornari, durante coletiva de imprensa realizada na tarde de terça-feira, 12 de maio, com relação aos leitos de Unidade de Terapia Intensiva para pacientes com Covid-19.

Atualmente, o Hospital Azambuja possui dez leitos de UTI, sendo que nove deles possuem o credenciamento para atendimento pelo Sistema Único de Saúde, e dentre estes nove, um é reservado exclusivamente para o tratamento de pacientes com Covid-19. Na última sexta-feira, 8, houve a transferência de uma paciente com Covid-19 da Clínica Médica do Hospital Azambuja para UTI do Hospital OASE, em Timbó, instituição de referência conforme o Governo do Estado, pois já havia um paciente com Covid-19 no único leito credenciado em Brusque, e os demais leitos também já estavam ocupados.

Além disso, a título de informação, o Hospital Azambuja encaminhou ofício no dia 7 de abril à Secretaria Municipal de Saúde, solicitando o credenciamento de dez novos leitos de UTI junto ao Governo do Estado. Na oportunidade, o Hospital deixou claro que teria condições de disponibilizar equipes médicas e de enfermagem para atuação nos novos leitos, que seriam exclusivos para pacientes com Covid-19, além da estrutura física próxima à atual UTI. Porém, solicitou que o Estado equipasse os leitos com respiradores, monitores e camas, materiais necessários para cada leito. O pedido foi indeferido pelo Governo do Estado. Durante coletiva de imprensa na tarde de ontem, o secretário de Saúde de Brusque sugeriu que o Hospital Azambuja utilizasse o recurso mensal que deve receber da Prefeitura, a partir deste mês, no valor de R$ 60 mil, destinados, conforme contrato, exclusivamente para a compra de EPIs e medicamentos para pacientes com Covid-19, para a locação de três respiradores, a fim de montar mais três leitos de UTI na instituição e assim solicitar o credenciamento junto ao Governo do Estado. “O secretário usou inclusive o exemplo do município de Gaspar, que fez a locação equipamentos (camas, respiradores e monitores) para dez novos leitos de UTI. Entretanto, no município vizinho, os equipamentos foram locados por seis meses ao custo total de R$ 780 mil, sendo que a Prefeitura de Gaspar será a responsável pelo pagamento, o que equivale a R$ 130 mil mensais, ou seja, não foi um recurso do hospital”, ressalta o administrador do Hospital Azambuja, Evandro Roza.

Recursos para novos leitos de UTI

O administrador revela ainda, que para equipar dez novos leitos de UTI, o Hospital Azambuja teria que investir, com recursos próprios, o valor aproximado de R$ 1,4 milhão, porém, sem a garantia de o credenciamento junto ao Governo do Estado permanecer após os três primeiros meses, que é o período contratado para o tratamento exclusivo de pacientes com Covid-19. “Mesmo se tivéssemos recursos disponíveis neste momento, teríamos que montar equipe médica, de fisioterapia e enfermagem para atuar nos novos leitos, cerca de 50 profissionais, que trabalhariam pelo período de 90 dias. Após este período, o hospital não teria nenhuma garantia da permanência do credenciamento desses leitos de UTI para pacientes com patologias diversas, e como consequência, uma insegurança no recebimento do pagamento por parte do Governo. Além disso, com receio de não recebermos nem os primeiros três meses contratados, pois falta clareza sobre este repasse”, alerta Roza.

Vale lembrar que o Hospital Azambuja possui mais de R$ 2 milhões a receber do Governo do Estado, por serviços prestados que ultrapassam o contrato mensal, o qual prevê a quantidade de procedimentos e atendimentos que devem ser realizados através do SUS (extra teto).

“Nos causou surpresa a fala do secretário municipal de Saúde de Brusque, quando coloca toda a responsabilidade no Hospital Azambuja pela carência de leitos de UTI para pacientes com Covid-19 no município. Além disso, na fala do secretário a locação ou até mesmo a compra de respiradores e monitores parece ser algo fácil, mas não é. O prazo de entrega dos equipamentos caso seja realizada uma compra hoje, é de seis meses. Para locação, também não há equipamentos disponíveis em larga escala como foi mencionado. Então ficamos muito confusos com trechos da entrevista coletiva concedida, pois não condiz com a atual realidade do sistema de saúde”, ressalta o administrador.

Contrato com a Prefeitura

O Hospital Azambuja possui um contrato com a Prefeitura de Brusque, para atendimento mensal de pacientes pelo SUS. Desde outubro do ano passado a instituição negocia um ajuste no valor, necessário para adequações nos honorários médicos, entre outras despesas. Na oportunidade, o negociado seria de mais R$ 150 mil. Entretanto, com a pandemia do novo coronavírus, a Secretaria Municipal de Saúde decidiu que este valor seria destinado, por seis meses, em medidas para o atendimento de pacientes com Covid-19, como a contratação de mais um médico (R$ 46mil), a compra de EPIs e medicamentos (R$ 60 mil) e a realização de 500 tomografias por mês (R$ 55 mil). O anúncio destes R$ 150 mil foi feito pelo secretário de Saúde à imprensa no mês de abril, entretanto, o hospital não recebeu ainda nenhuma parcela do recurso.

Reforma Hospital

O Hospital Azambuja também esclarece, que todos os projetos recém realizados na instituição, como reformas na recepção e Pronto Socorro, implantação do setor de Hemodinâmica, entre outras, estão sendo realizadas com recursos exclusivos, grande parte capitaneados com o empresariado local. “Muitas vezes as pessoas observam o hospital em obras e questionam isso, mas não entendem que são recursos exclusivos para aqueles projetos e prestamos contas disso. Hoje não recebemos qualquer recurso da sociedade civil para custeio do hospital, ou seja, a operação da instituição, como energia elétrica, folha de pagamento dos funcionários, médicos, entre outros”, completa Roza. 

SourceRedação

Últimas postagens

Brusque cede ao empate contra o Volta Redonda, em jogo de pênalti, virada e superação por desfalques

O Brusque FC chegou muito perto da vitória por 2 x1, mas, no final do segundo tempo cedeu à pressão e ficou no...

COVID-19: Boletim epidemiológico 27 de setembro

COVID-19: Boletim epidemiológico 27 de setembro A cidade de Brusque já tem 5389 pacientes recuperados do coronavírus. Segundo o...

Registradas seis candidaturas que disputarão as eleições à Prefeitura de Brusque

As informações sobre o registro de candidaturas pode ser acompanhadas no site http://divulgacandcontas.tse.jus.br/. O portal é gerenciado pelo Tribunal...

242 candidatos disputam para cargo de vereador em Brusque; confira

Nome na Urna Nome Completo Nº Situação Sigla Partido/Coligação  ADALMIR AMARALADALMIR FERREIRA DO AMARAL22220Aguardando julgamentoPLPLADEMIR LIMAADEMIR LIMA DOS ANJOS10456Aguardando julgamentoREPUBLICANOSREPUBLICANOSADEMIR - TOTOADEMIR LUIZ DE SOUZA28000Aguardando julgamentoPRTBPRTBADILSO DINOADILSO STEINHEUSER28789Aguardando...

42 candidatos disputam para cargo de vereador em Guabiruba; confira

Nome na Urna Nome Completo Nº Situação Sigla Partido/Coligação  ANDERSON SCALVIMANDERSON ROBERTO SCALVIM22000Aguardando julgamentoPLPLBETO JOSE ROBERTO SANTOS REISJOSE ROBERTO SANTOS REIS22444Aguardando julgamentoPLPLDANIEL HAAGDANIEL HAAG22888Aguardando julgamentoPLPLDEISE NIELS PONCHIROLLIDEISE NIELS...
Publicidade
WhatsApp chat