Projeto ‘geladeira solidária’, no bairro Limeira Baixa, doa alimentos a quem precisa durante a pandemia

O agente de saúde explicou que na troca da sua própria geladeira por uma maior, a pequena ficou ociosa e, em meados do mês de março, já idealizava o projeto com base em experiências vistas na internet.

Outras notícias da semana

Polícia Civil recupera celular furtado dentro de agência bancária

Polícia Civil de Brusque, através da Divisão de Furtos e Roubos - DFR, recuperou na noite desta terça-feira, 22, um aparelho telefônico da marca...

Confira as aprovações da sessão ordinária desta terça-feira, 22 de setembro

Em sessão ordinária virtual realizada nesta terça-feira, 22 de setembro, os vereadores aprovaram projetos de lei, projetos de decretos legislativos, pedidos de informação, requerimentos e...

Registradas seis candidaturas que disputarão as eleições à Prefeitura de Brusque

As informações sobre o registro de candidaturas pode ser acompanhadas no site http://divulgacandcontas.tse.jus.br/. O portal é gerenciado pelo Tribunal...

Confira o boletim epidemiológico desta quarta-feira, 23 de setembro

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou sete novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado...

A ‘Geladeira Solidária’ do Jilvan Barreto, no bairro Limeira Baixa, na rua Vitório Otaviano Floriani, tornou-se um exemplo de solidariedade em meio à pandemia do novo coronavírus. O agente de saúde explicou que na troca da sua própria geladeira por uma maior, a pequena ficou ociosa e, em meados do mês de março, já idealizava o projeto com base em experiências vistas na internet. A geladeira, pintada com as cores do Brasil, fica na calçada em frente à residência de Jilvan.

Com o aumento de desempregados por conta da pandemia, Jilvan decidiu colocar em prática o quanto antes possível, para ajudar pessoas necessitadas.

“Acelerei o projeto por causa da pandemia e foi pensado justamente para incentivar a solidariedade e ajudar as pessoas que estão desempregadas”, destacou.

Jilvan é um “solidário influencer”, pois já participou de diversos projetos no bairro. 

“Gosto de fazer isso, de estar envolvido com projetos sociais que ajudem as pessoas, temos que sermos solidários e a vida de se torna melhor com apoio de cada um”, frisou.

Jilvan relatou que com a cobertura da mídia e do impacto nas redes sociais muitas pessoas entraram em contato com o projeto, no entanto, o idealizador do projeto diz que no momento não tem condições de buscar e levar os alimentos.

“Não tenho estoque de alimentos, quero deixar claro – se tivesse levaria até às pessoas”, declara.

Acompanhe entrevista concedida ao Jornal da Diplomata pelo Jilvan!

Jilvan Barreto

Conheça mais sobre o projeto, visitando a página do Jilvan no Facebook!

Últimas postagens

Conversando com Você de 28 de setembro de 2020

Conversando com Você de 28 de setembro de 2020. Ouça! Conversando com Você de 28 de setembro de...

Conversando com Você de 25 de setembro de 2020

Conversando com Você de 25 de setembro de 2020. Ouça! Conversando com Você de 25 de setembro de...

Rompimento de cabos afeta telefonia e internet na Rua Rodrigues Alves

O rompimento de cabos de telefonia e outras fiações geram preocupação e transtornos nas imediações da rua Rodrigues Alves, no Centro. O problema se...

Presidente do Sintrafite fala sobre Convenção Coletiva da categoria

O Jornal da Diplomata recebeu na manhã desta segunda-feira, 28, o sindicalista Aníbal Boetger, presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Industria da Fiação, Tecelagem...
Publicidade
WhatsApp chat