Em assembleia online, Metalúrgicos de Brusque aprovam Convenção Coletiva de Trabalho com votação virtual por meio do aplicativo do sindicato

A transmissão pela internet seguiu as recomendações de isolamento social do decreto nº 515 do Governo do Estado de SC, que restringe reuniões presenciais e aglomeração de pessoas, com objetivo de evitar a propagação do Coronavírus (COVID-19).

Outras notícias da semana

Campanha de multivacinação ocorre neste sábado técnicas da Vigilância Epidemiológica falam sobre ação

No sábado dia 26 de setembro, será realizada pela Vigilância Epidemiológica uma campanha de multivacinação. As pessoas podem procurar as unidades que possuem sala...

Idosa de 81 anos é a 57ª vítima fatal da Covid-19 em Brusque

Foi registrada neste sábado (26), em Brusque, o 57° caso de morte por coronavírus em Brusque. Trata-se de uma idosa de 81...

Diretor Geral da Secretaria de Saúde fala sobre trabalho de fiscalização e novo decreto

Os casos têm registrado queda nos últimos dias no que diz respeito ao número de ativos, embora o número total de casos desde...

Time brusquense de handebol feminino se movimenta para o JASC

A equipe de handebol feminino de Brusque se movimenta para disputar a 60ª edição Jogos Abertos de Santa Catarina – JASC 2020. A...

O Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Brusque (Sintimmmeb) realizou na manhã deste domingo, 19 de abril, a assembleia geral da Convenção Coletiva de Trabalho 2020/2021 (CCT) online, por meio do Instagram e Facebook do sindicato. A transmissão pela internet seguiu as recomendações de isolamento social do decreto nº 515 do Governo do Estado de SC, que restringe reuniões presenciais e aglomeração de pessoas, com objetivo de evitar a propagação do Coronavírus (COVID-19).

Assembleia virtual do Sintimmmeb. (Foto: Divulgação/Sintimmmeb)

Com a data base em 1º de maio, havia a necessidade de completar o processo de negociação da Convenção Coletiva de Trabalho com o sindicato patronal, visto que muitos dos benefícios dependiam da definição do acordo, incluindo o plano de saúde, reembolso de 50% dos medicamentos com receita médica, pago pelas empresas, estabilidade para gestantes metalúrgicas, dentre outros benefícios sociais.

Votação por meio do App Sintimmmeb

Para definir a Convenção Coletiva de Trabalho, é necessária a aprovação dos trabalhadores. Através do aplicativo “Sintimmmeb Brusque”, disponível para o sistema Android, no Google Play, os metalúrgicos puderam votar se aceitavam ou não a contra proposta do sindicato patronal. Com o sistema do App integrado ao do Sintimmmeb, somente os trabalhadores metalúrgicos da categoria, através da verificação e validação dos CPFs cadastrados no sistema, puderam votar.

Após se cadastrar e fazer o login, o usuário pôde acessar os termos da CCT e o áudio do presidente Eduardo de Souza explicando os termos da proposta, além da transmissão ao vivo realizada pelo presidente Eduardo de Souza, o vice Jorge Luiz Putsch e o advogado Bruno Roso, onde foram explanados os itens do documento. Em seguida, no aplicativo, os trabalhadores e trabalhadoras votaram sim ou não. No resultado final, 85,5% aceitaram a proposta e 14,5% optaram pelo não. A votação ocorreu das 9 às 10 horas, assim como seria em uma assembleia tradicional, presencial. Dessa forma, por ampla maioria, a Convenção Coletiva de Trabalho 2020/2021 foi aprovada.

“Sabíamos que seria um desafio realizar uma assembleia online. E entendemos que era necessário fazer dessa forma, pois não poderíamos tomar nenhuma decisão sem a participação dos trabalhadores. Contamos com uma boa participação, tanto na transmissão ao vivo nas redes sociais, quanto na votação e participação pelo aplicativo.  Agradecemos, em nome da diretoria, a compreensão dos metalúrgicos e por terem participado de casa, conforme recomendação dos órgãos de saúde”, disse o presidente do Sintimmmeb, Eduardo de Souza.

O que foi aprovado

No documento, foi aprovada a manutenção do plano de saúde dos trabalhadores metalúrgicos (Sintimmmeb Saúde), carga horária reduzida de 44 horas semanais para 43,5h, sem redução de salário, prêmio assiduidade semestral de R$285,00, podendo chegar a R$570 no ano e direito às trabalhadoras metalúrgicas a mais 90 dias de estabilidade no emprego, além dos quatro meses de licença maternidade previstos em lei.

Foram mantidos todos os benefícios sociais, entre eles o reembolso de 50% no valor do medicamento com receita médica, pago pelas empresas e continuidade das demais cláusulas sociais. Ficaram congelados o valor do piso da categoria, que é de R$ 1.430,00 e o valor da mensalidade do sindicato. A homologação das rescisões de contrato de trabalho e a possibilidade de adesão das empresas às Medidas Provisórias 927 e 936, que preveem a possibilidade de suspensão temporária de contrato e redução de jornada e de salário, com complementação de salário pelo Governo Federal, terão anuência e conferência do sindicato.

O reajuste para o ano será de 3% (projeção da inflação medida pelo Índice Geral de Preços ao Consumidor – INPC) e será aplicado ao salário dos trabalhadores da classe no fim do decreto de calamidade pública emitido pelo Governo Federal, em vigor desde o dia 20 de março, em função da pandemia do Coronavírus. O presidente do sindicato explica que a medida foi necessária, diante do cenário de retração da economia e os esforços em manter os empregos.

“Vivemos circunstâncias atípicas por causa do impacto do Coronavírus e a necessária quarentena para frear a propagação do vírus. São necessários esforços de todos, tanto de trabalhadores quanto dos empresários. Por isso, nossa prioridade, neste momento, é pela manutenção dos empregos e dos benefícios sociais, assistências e acesso à saúde para os metalúrgicos e familiares dependentes. Graças à assembleia virtual, pudemos expor todos os termos da Convenção Coletiva e os metalúrgicos optaram por aprovar o documento. Nós, da diretoria, jamais poderíamos definir essa questão sem a participação efetiva dos trabalhadores, como manda a democracia que sempre nos norteou. Entendemos que a decisão dos metalúrgicos foi acertada”, finalizou o presidente Eduardo de Souza.

Últimas postagens

Conversando com Você de 28 de setembro de 2020

Conversando com Você de 28 de setembro de 2020. Ouça! Conversando com Você de 28 de setembro de...

Conversando com Você de 25 de setembro de 2020

Conversando com Você de 25 de setembro de 2020. Ouça! Conversando com Você de 25 de setembro de...

Rompimento de cabos afeta telefonia e internet na Rua Rodrigues Alves

O rompimento de cabos de telefonia e outras fiações geram preocupação e transtornos nas imediações da rua Rodrigues Alves, no Centro. O problema se...

Presidente do Sintrafite fala sobre Convenção Coletiva da categoria

O Jornal da Diplomata recebeu na manhã desta segunda-feira, 28, o sindicalista Aníbal Boetger, presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Industria da Fiação, Tecelagem...
Publicidade
WhatsApp chat