Deputado Miotto diz que atividades religiosas são essenciais para o acolhimento e assistência

Outras notícias da semana

Polícia Civil recupera celular furtado dentro de agência bancária

Polícia Civil de Brusque, através da Divisão de Furtos e Roubos - DFR, recuperou na noite desta terça-feira, 22, um aparelho telefônico da marca...

Campanha de multivacinação ocorre neste sábado técnicas da Vigilância Epidemiológica falam sobre ação

No sábado dia 26 de setembro, será realizada pela Vigilância Epidemiológica uma campanha de multivacinação. As pessoas podem procurar as unidades que possuem sala...

Bruscão volta a vencer após tropeços e mantêm liderança na Série C do Brasileiro

Na tarde deste domingo, 20, o Brusque FC recebeu no estádio Augusto Bauer o Tombense de Minas Gerais, em jogo valido pela 7ª rodada...

Brusque se despede da Copa do Brasil após segunda derrota para o Ceará, mas deixa marca de luta em fase inédita

O Brusque FC foi eliminado da Copa do Brasil 2020, após a segunda derrota para o Ceará, em jogo realizado na noite...

O deputado Jair Miotto (PSC), autor do projeto que pede o reconhecimento das atividades religiosas como essenciais, concedeu entrevista ao Jornal da Diplomata. Ao lado do deputado Fernando Krelling (MDB), autor do projeto que pede o reconhecimento da prática de atividades esportivas como essenciais, o deputado Miotto defendeu que o Governo do Estado precisa estar sensível neste momento de pandemia para dois setores afetados pelo último decreto do executivo estadual.

No caso dos serviços religiosos o deputado considerou o momento de acolhimento e assistência.

“É óbvio que o projeto não é para fazer aglomeração de pessoas. É um setor que está para fortalecer a imunidade emocional e espiritual – a igreja faz um trabalho de acolhimento integral do ser humano”, frisou.

Miotto defende que no caso de missas, cultos e celebrações religiosas, a proposta é proporcionar as atividades dentro dos limites estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

“As igrejas são disciplinadas (padres e pastores), se o governador estimular o percentual de capacidade dos templos, os seguimentos religiosos vão se adaptar; com várias reuniões ao dia, jamais vamos fazer algo inconsequente ou algo unilateral”, comentou.

Sobre o projeto relacionado às academias de modo em geral, o deputado reafirmou a possibilidade de adequação neste momento de pandemia, em detrimento.

“Votamos a favor e o setor vai se reunir para fazer um protocolo seguro, como todo o regramento da Secretaria Estadual de Saúde. Este setores nós queremos uma retomada segura”, destacou.

Últimas postagens

Interligado – sorteio de 25 de setembro.

Kit com duas agendas 2021 + canetas da Dokassa. Tudo o que você precisa em materiais escolares, escritório, limpeza e embalagens você...

Previsão do tempo de 25 de setembro.

Previsão do tempo de 25 de setembro.

Brusque FC fecha parceria e inicia projeto no e-Sports

Na tarde da última quinta-feira (25), o Brusque FC anunciou a primeira parceria no mundo dos jogos eletrônicos,...

Michel Belli desiste da candidatura de vice-prefeito com Paulo Sestrem e decide apoiar Ciro Roza

O empresário Michel Belli (PSC) desistiu da candidatura de ser vice-prefeito ao lado de Paulo Sestrem, do Republicanos. Antes de uma oficialização...

Campanha de multivacinação ocorre neste sábado técnicas da Vigilância Epidemiológica falam sobre ação

No sábado dia 26 de setembro, será realizada pela Vigilância Epidemiológica uma campanha de multivacinação. As pessoas podem procurar as unidades que possuem sala...
Publicidade
WhatsApp chat