TRE-SC orienta sobre prazos de desincompatibilização das Eleições 2020

Tribunal possui uma coletânea para orientar aos interessados no pleito deste ano

Outras notícias da semana

Candidato divulga nota para negar propaganda antecipada

Nota de Esclarecimento Pré candidato a prefeito e vice, Ari Vequi e Pastor Gilmar, esclarecem que alguns de seus...

Pró-reitor de graduação da UNIFEBE fala sobre programação da Semana Integrada de Cursos

O jornalista e autor do best-seller “O papai é pop” abrirá a Semana Integrada de Cursos da UNIFEBE, com uma palestra virtual gratuita. O...

Homem é preso por tráfico de drogas no Cedrinho

Na madruga de segunda-feira, por volta das 00h45, a Polícia Militar de Brusque (PM) realizou a prisão de um homem pelo crime de tráfico...

Diretor executivo do OSB fala sobre monitoramento das eleições 2020

O Observatório Social de Brusque (OSB) tem apresentado desde sua criação em um papel importante em diversas demandas especialmente no acompanhamento e...

Quem deseja concorrer às eleições de 2020 e ocupa algum cargo ou função pública deve ficar atento aos prazos de desincompatibilização de suas respectivas ocupações ou funções, para que possa disputar o cargo de prefeito e vereador.

O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina possui uma coletânea para orientar quanto aos prazos de desincompatibilização ou afastamento a serem observados de acordo com a ocupação/situação de cada interessado em concorrer ao próximo pleito. Todos os cargos podem ser conferidos no site do TRE-SC.

A desincompatibilização é o abandono definitivo do cargo ou o afastamento temporário do exercício do cargo ou da função, mediante renúncia, exoneração ou licença. Quanto ao recebimento ou não da remuneração dos servidores efetivos dentro do prazo obrigatório da desincompatibilização, é importante ressaltar que estes têm direito à percepção de seus salários, como se em exercício estivessem. Já os servidores comissionados, de livre nomeação e exoneração, não fazem jus à remuneração por ocasião de seu desligamento.

A legislação, ao estipular esses prazos, tem como objetivo impedir que um candidato, ocupante de determinado cargo ou função pública, faça proveito dessa situação, gerando um desequilíbrio entre as campanhas eleitorais e, assim, comprometendo sobremaneira a lisura das eleições.

Regras de elegibilidade

O TRE-SC também disponibiliza informações referentes às regras sobre elegibilidade presentes na Constituição Federal, apontando-se os dispositivos pertinentes e a jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral e do Tribunal sobre o tema.

SourceRedação

Últimas postagens

Interligado – sorteio de 24 de setembro.

Chapa de carnes da Choperia Golden Bier, aberta de domingo a sexta das 18 à meia noite e aos sábados a partir...

Previsão do tempo de 24 de setembro.

Previsão do tempo de 24 de setembro.

Conversando com Você de 24 de setembro de 2020

Conversando com Você de 24 de setembro de 2020. Ouça! Conversando com Você de 24 de setembro de...

Retomada da Economia e perspectivas foi tema de entrevista com o economista e diretor regional do SESI/SENAI

Na manhã desta quinta-feira, 24, o Jornal da Diplomata recebeu Roberto Zen, economista e diretor regional do SESI/SENAI. Na oportunidade ele tratou do momento...

Manhã Mais – Resultado de 24 de setembro de 2020

Óculos de sol unissex presente da Ótica Diniz. Seus óculos antigos valem 200 reais na compra dos novos. Ótica Diniz no centro...
Publicidade
WhatsApp chat