CDL Guabiruba repudia Governo do Estado por não ouvir prefeitos e entidades sobre a reabertura do comércio

Expectativa é de que atividades sejam retomadas na segunda-feira (13)

Outras notícias da semana

Boletim Epidemiológico de quarta-feira, 28 de outubro

Boletim Epidemiológico de quarta-feira, 28 de outubro A Prefeitura de Brusque, por meio da Vigilância em Saúde, registrou 6...

Ocorrências de trânsito em Guabiruba são analisadas em pesquisa desenvolvida na UNIFEBE

Analisar as ocorrências de trânsito em Guabiruba e a partir disso propor planos de ações de mobilidade e modificações urbanas na cidade, é...

Homem de 32 anos é encontrado sem vida às margens da Rua da Fazenda

Um homem de 32 anos, identificado como Jean Carlos Castellain, foi encontrado sem vida às margens da rua Abraão de Souza e...

Brusque registra novo caso autóctone de dengue

O Programa de Combate a Endemias de Brusque registrou um novo caso confirmado de dengue. Trata-se de uma mulher, moradora do bairro...

Diante do cenário de prejuízos econômicos que o município vive, frente à pandemia de Covid-19 (Coronavírus), a Câmara de Dirigentes Lojistas de Guabiruba – CDL vem a público manifestar sua insatisfação com o Governo do Estado de Santa Catarina, no que se refere à decisão de manter o comércio fechado – liberando apenas o trabalho de atividades pontuais.  

Para o presidente da CDL Guabiruba, Giovani Ricardo Piaz, o governador não tem ouvido os prefeitos, tão pouco as entidades. “Mesmo com os dois casos de Covid-19 confirmados no município, a insatisfação da CDL Guabiruba, e acredito da maioria das entidades e da própria Federação, é muito grande. O empresário, o comerciante, o associado da CDL não pode ficar esperando até às 18h do dia para saber se vai poder abrir ou não. O governo do Estado não está ouvindo os prefeitos, as associações e as entidades de classe. Nós entendemos a preocupação em primeiro lugar com a vida, tanto que o empresariado é solidário com a situação desde o dia 18 de março quando fechou as portas”, ressalta. 

Piaz destaca que o empresário tem compromissos para honrar, inclusive com seus colaboradores. Em sua visão, o Governo do Estado deveria avaliar a peculiaridade de cada região catarinense durante as tomadas de decisão. “Acredito que o governo deveria ver de forma separada cada região. São 295 municípios, sendo a maioria de médio e pequeno porte, que não tem shopping center, por exemplo. É como Guabiruba, aqui não temos nem um centro comercial grande. Temos em sua maioria lojas familiares de pequeno porte, que precisam estar abertas. É isso que o governador não está ouvindo”, lamenta. 

A expectativa da CDL Guabiruba é que o comércio volte ao trabalho na segunda-feira (13). “Tomara, porque com a abertura gradativa das atividades vemos um prejuízo muito grande para diversos setores”, conclui.

Últimas postagens

Manhã Mais – sorteio de 29 de outubro.

Óculos de sol Unissex das Óticas Diniz. Aproveite seus óculos antigos valem 200 reais na compra de um novo na Diniz no...

Boletim Epidemiológico de quarta-feira, 28 de outubro

Boletim Epidemiológico de quarta-feira, 28 de outubro A Prefeitura de Brusque, por meio da Vigilância em Saúde, registrou 6...

Angeloni contrata

Angeloni de Brusque contrata: Líder de mercearia;Líder de padaria produção e balcão;Operador de caixa;Açougueiro;Auxiliar de Produção – Padaria;Técnico em...

Atleta apoiado pelo Bandeirante vence ultramaratona em Bombinhas

Ao longo de sua história, a Sociedade Esportiva Bandeirante sempre apoiou atletas de diferentes modalidades. Há seis meses, o clube disponibiliza sua estrutura para os...

Brusque FC relaciona 19 atletas para enfrentar o Ituano

O técnico Jerson Testoni relacionou os seguintes atletas para a partida contra o Ituano, nesta quinta-feira (28), em Itu. Goleiros: Dida...
Publicidade
WhatsApp chat