Secretário Econômico diz que decreto buscou igualdade para o comércio e cumprimento de exigências de saúde contra Covid-19

Outras notícias da semana

Covid-19: Prefeitura de Brusque edita novo Decreto nesta segunda-feira (26)

A Prefeitura de Brusque editou na tarde desta segunda-feira (26) o Decreto número 8.764, que dispõe sobre novas medidas de enfrentamento da...

Núcleo Jovem promove palestra sobre case de startup

O Núcleo Jovem da Associação Empresarial de Brusque (ACIBr), realizou na noite de quinta-feira, 22 de outubro, na sede da entidade, uma...

Mais dois candidatos são sabatinados durante assembleia do GRUPIA

Foi realizada na manhã de quinta-feira (22), a segunda etapa da Sabatina com os candidatos à majoritária no pleito eleitoral de 2020...

Brusque registra 14 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h

A cidade de Brusque registrou 14 novos caso de coronavírus nas últimas 24 horas. É o que aponta o mais recente boletim...

O Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ademir José Jorge, falou ao vivo no Jornal da Diplomata, na manhã desta quarta-feira, 8, sobre a revogação do decreto municipal 8.580/2020, que autorizaria o funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de prestadores de serviços – também de 50% de força do transporte coletivo, mediante decisão do gabinete de crise da Prefeitura de Brusque, frente ao quadro de impacto econômico pela paralisação do funcionamento de alguns setores que ainda se encontram impedidos de funcionar por força do decreto do governo do estado, que prorrogou por mais cinco dias o isolamento social e restringido a retomada gradativa dos comércio em geral. Pelo novo decreto estadual, a cadeia do setor automotivo foi autorizada ao funcionamento, com base para os setores em atividades.

Conforme Ademir, a decisão do governo foi de encontro ao anseio dos comerciantes em geral, em detrimento do quadro de funcionamento parcial das atividades econômicas já autorizadas por decretos anteriores à retomada gradativa.  

“Existe muita incoerência nos decretos que ele (governador) anunciou flexibilizando algumas atividades, esses serviços são importantes nada contra os setores, mas são muito mais perigosas no contagio da Covid-19 do que uma loja física aberta”, frisou.

Jorge defendeu que a decisão buscou respeitar as normas técnicas de saúde previstas pelo Ministério de Saúde.

“Alguns estão falando que foi estratégica política, não foi nada disso. Nossa situação está ficando insustentável e ninguém resolveu fazer nada inconsequente, a gente elaborou um decreto para retomada geral de uma forma coerente, usando máscara e equipamentos de proteção, condicionando estas exigências para combater o vírus”, disse.

Acompanhe a entrevista.  

Entrevista com Secretário de Desenvolvimento Econômico, Ademir Jorge, ao Jornal da Diplomata.

Foto: Arquivo/Diplomata.

Últimas postagens

Boletim Epidemiológico de quarta-feira, 28 de outubro

Boletim Epidemiológico de quarta-feira, 28 de outubro A Prefeitura de Brusque, por meio da Vigilância em Saúde, registrou 6...

Angeloni contrata

Angeloni de Brusque contrata: Líder de mercearia;Líder de padaria produção e balcão;Operador de caixa;Açougueiro;Auxiliar de Produção – Padaria;Técnico em...

Atleta apoiado pelo Bandeirante vence ultramaratona em Bombinhas

Ao longo de sua história, a Sociedade Esportiva Bandeirante sempre apoiou atletas de diferentes modalidades. Há seis meses, o clube disponibiliza sua estrutura para os...

Brusque FC relaciona 19 atletas para enfrentar o Ituano

O técnico Jerson Testoni relacionou os seguintes atletas para a partida contra o Ituano, nesta quinta-feira (28), em Itu. Goleiros: Dida...

Endorfina – Resultado de 28 de outubro de 2020

Chapa de carnes da Golden Bier. Durante o mês de Outubro, de quinta a domingo ao meio dia tem almoço Campi Buffet,...
Publicidade
WhatsApp chat