Secretaria da Saúde do Estado adota medidas de Vigilância Epidemiológica em atenção especial à morte por Covid-19

A Vigilância Epidemiológica do Estado se mantém à frente das ações.

Outras notícias da semana

UNIFEBE doa protetores faciais à Secretaria de Saúde de Brusque

Tecnologia em prol do combate ao coronavírus. Essa tem sido a missão dos professores e estudantes do Núcleo de Tecnologia, Inovação em...

Diretor Técnico de Hospital Azambuja fala sobre prorrogação do decreto de isolamento social e atendimentos na casa hospitalar

Na manhã desta terça-feira, 31, o Jornal da Diplomata ouviu o Dr. Eugênio José Paiva Maciel, Diretor Técnico do Hospital de Azambuja,...

Hospital Dom Joaquim passa a atender todos os dias das 7h às 22h

A Prefeitura de Brusque e o Hospital e Maternidade Dom Joaquim assinaram na tarde de terça-feira (31) aditivo de convênio para atendimento...

Guabiruba encerra segunda etapa de vacinação contra Influenza

O segundo lote de vacinas contra Influenza chega ao fim em Guabiruba. As doses enviadas pelo Ministério da Saúde esta semana ainda...

Após a confirmação da primeira morte por Covid-19 em Santa Catarina, a Secretaria de Estado de Saúde de Santa Catarina informa que está adotando medidas necessárias para coletar amostras e monitorar as pessoas que estavam em convívio com o paciente. A Vigilância Epidemiológica do Estado se mantém à frente das ações.

“Estamos realizando todo o trabalho necessário para monitorar as pessoas com as quais o paciente teve contato e orientando ao isolamento social”, afirma o secretário da Saúde, Helton Zeferino. De acordo com ele, as equipes estão em campo realizando os serviços necessários.

Informações sobre o paciente

A Secretaria da Saúde também ressalta que, seguindo orientação do Conselho Federal de Medicina (CFM), não comenta informações de pacientes internados ou que venham a óbito na rede de assistência estadual.

Essa medida, que resguarda o paciente e equipe profissional, tem amparo no Código de Ética Médica, Capítulo IX, Artigo 75, em que é vedado “fazer referência a casos clínicos identificáveis, exibir pacientes ou seus retratos em anúncios profissionais ou na divulgação de assuntos médicos, em meios de comunicação em geral, mesmo com autorização do paciente”. Ainda no Artigo 73, parágrafo único, a divulgação permanece vedada “mesmo que o fato seja de conhecimento público ou o paciente tenha falecido”.

primeira morte por Covid-19 em Santa Catarina foi confirmada na noite desta quarta-feira, 25. O paciente era um homem de 86 anos, que residia em Florianópolis.

As amostras para testagem da Covid-19 foram colhidas no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) em função da característica do quadro. O teste confirmou a presença de coronavírus SARS-CoV2. O paciente foi mantido em isolamento respiratório, mas morreu na madrugada de quarta-feira, 25.

Últimas postagens

Interligado – Sorteio de 02 de abril de 2020

Pizza grande sabores tradicionais + 01 pizza broto doce da Ramalhone Pizzaria, 100% Delivery. Ramalhone mais que uma pizza,...

Conversando com Você de 02 de abril de 2020

Conversando com Você de 02 de abril de 2020. Ouça! Conversando com Você de 02 de abril de...

Núcleo de Atividades Físicas comentam impacto e mudanças nos ambientes das academias

Praticantes de atividades físicas, frequentadores de academia e estúdios, bem como profissionais do setor – desde professores, educadores físicos/personal e empresários do ramo, aguardam o...

Previsão do tempo de 02 de abril.

Previsão do tempo de 02 de abril.

Polícia Militar desmonta ponto de droga no bairro Itaipava

A Polícia Militar prendeu um homem de 23 anos por tráfico de drogas, na noite desta quarta-feira, 1º de abril. De acordo...
Publicidade
WhatsApp chat