Planalto lança página com lista de serviços que não podem parar

Outras notícias da semana

PRE interrompe trânsito para remoção de caminhão que caiu em ribanceira na SC-108

Um caminhão saiu da pista e tombou em uma ribanceira às margens da rodovia Gentil Batisti Archer (SC-108). O acidente ocorreu por...

Comandante do Corpo de Bombeiros fala sobre atendimentos após passagem do ciclone

Na manhã desta quinta-feira, 02, o Jornal da Diplomata recebeu o Capitão Jackson Luiz de Souza, comandante da 3ª Companhia do Corpo de Bombeiros...

PM flagra dois casos de tráfico de drogas na rua José Beauting, bairro Azambuja

Dois flagrantes de tráfico de drogas na rua José Beauting, bairro Azambuja, foram realizados pela Polícia Militar, na noite e início da madrugada, de...

Loja de ferragens é furtada e polícia pede que população fique atenta a venda de produtos do local

https://youtu.be/zbvAOOB8YOQ Na madrugada desta sexta-feira (3), uma loja de ferragens foi alvo de criminosos, no Centro de Brusque....

O governo federal disponibilizou um portal com a lista de todos os serviços e as atividades essenciais que deverão ser mantidas durante a emergência de saúde pública decorrente do novo coronavírus, mesmo com a adoção de medidas de isolamento e de quarentena pelas autoridades.

Essa lista foi definida pelo governo em decreto publicado na última semana. A manutenção dos serviços, segundo o Palácio do Planalto, tem o objetivo é impedir a interrupção de atividades e do fornecimento de insumos e materiais necessários à sobrevivência, saúde, abastecimento e segurança da população.

Outros serviços e atividades essenciais poderão ser incluídos pelo Comitê de Crise para Supervisão e Monitoramento dos Impactos do Covid-19, coordenado pela Casa Civil da Presidência da República.

Lista do Decreto

Assistência à saúde, incluídos os serviços médicos e hospitalares;

Assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade;

Atividades de segurança pública e privada, incluídas a vigilância, a guarda e a custódia de presos;

Atividades de defesa nacional e de defesa civil;

Transporte intermunicipal, interestadual e internacional de passageiros e o transporte de passageiros por táxi ou aplicativo;

Telecomunicações e internet;

Serviço de call center;

Captação, tratamento e distribuição de água

Captação e tratamento de esgoto e lixo;

Geração, transmissão e distribuição de energia elétrica e de gás;

Iluminação pública;

Produção, distribuição, comercialização e entrega, realizadas presencialmente ou por meio do comércio eletrônico, de produtos de saúde, higiene, alimentos e bebidas;

Serviços funerários;

Guarda, uso e controle de substâncias radioativas, de equipamentos e de materiais nucleares;

Vigilância e certificações sanitárias e fitossanitárias;

Prevenção, controle e erradicação de pragas dos vegetais e de doença dos animais;

Inspeção de alimentos, produtos e derivados de origem animal e vegetal;

Vigilância agropecuária internacional;

Controle de tráfego aéreo, aquático ou terrestre;

Compensação bancária, redes de cartões de crédito e débito, caixas bancários eletrônicos e outros serviços não presenciais de instituições financeiras;

Serviços postais

Transporte e entrega de cargas em geral;

Serviço relacionados à tecnologia da informação e de processamento de dados (data center) para suporte de outras atividades previstas neste Decreto;

Fiscalização tributária e aduaneira;

Transporte de numerário;

Fiscalização ambiental;

Produção, distribuição e comercialização de combustíveis e derivados;

Monitoramento de construções e barragens que possam acarretar risco à segurança;

Levantamento e análise de dados geológicos com vistas à garantia da segurança coletiva, notadamente por meio de alerta de riscos naturais e de cheias e inundações;

Mercado de capitais e seguros;

Cuidados com animais em cativeiro;

Atividade de assessoramento em resposta às demandas que continuem em andamento e às urgentes;

Atividades médico-periciais relacionadas com o regime geral de previdência social e assistência social;

Atividades médico-periciais relacionadas com a caracterização do impedimento físico, mental, intelectual ou sensorial da pessoa com deficiência, por meio da integração de equipes multiprofissionais e interdisciplinares, para fins de reconhecimento de direitos previstos em lei, em especial na Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015 – Estatuto da Pessoa com Deficiência; e

Outras prestações médico-periciais da carreira de Perito Médico Federal indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade.

Também são consideradas essenciais as atividades acessórias, de suporte e a disponibilização dos insumos necessários a cadeias produtivas relativas ao exercício e ao funcionamento dos serviços públicos e das atividades essenciais.

É vedada a restrição à circulação de trabalhadores que possa afetar o funcionamento de serviços públicos e atividades essenciais, e de cargas de qualquer espécie que possam acarretar desabastecimento de gêneros necessários à população.

Para fins do cumprimento ao disposto neste Decreto, os órgãos públicos e privados disponibilizarão equipes devidamente preparadas e dispostas à execução, ao monitoramento e à fiscalização dos serviços públicos e das atividades essenciais.

Os órgãos públicos manterão mecanismos que viabilizem a tomada de decisões, inclusive colegiadas, e estabelecerão canais permanentes de interlocução com as entidades públicas e privadas federais, estaduais, distritais e municipais.

As limitações de serviços públicos e de atividades essenciais, inclusive as reguladas, concedidas ou autorizadas somente poderão ser adotadas em ato específico e desde que em articulação prévia do com o órgão regulador ou do Poder concedente ou autorizador.

Na execução dos serviços públicos e das atividades essenciais de que trata este artigo devem ser adotadas todas as cautelas para redução da transmissibilidade da covid -19.

Os Poderes Judiciário e Legislativo, os Tribunais de Contas, o Ministério Público e a Defensoria Pública definirão suas limitações de funcionamento.

Resolução do Comitê de Crise para Supervisão e Monitoramento dos Impactos da Covid-19 poderá definir outros serviços públicos e atividades considerados essenciais e editar os atos necessários à regulamentação e à operacionalização do disposto neste Decreto.

Últimas postagens

Obituário (8 de Julho)

Faleceu ontem, 7, às 7h04, Nilo Pereira, aos 80 anos, que residia no bairro São Pedro. Corpo velado na Capela Mortuária Parque da...

Endorfina – Resultado de 07 de julho de 2020

Arranjo com Astromelias presente da Barni Garden Center, vem aí o dia do amizade a Barni tem muitas opções em presentes.

Interligado – Resultado de 07 de julho de 2020

Chapa de carnes da Choperia Golden Bier, agora na Golden Bier, para quem chegar antes das 19:00, a primeira rodada de chopp...

OAB de Brusque realiza campanha de arrecadação de alimentos

A OAB Subseção de Brusque através das Comissões da Mulher Advogada e OAB Jovem deu início à Campanha de Arrecadação de Alimentos....

Ari Vequi comenta novo decreto e ressalta por conscientização para evitar medidas mais drásticas após os 14 dias

O vice-prefeito de Brusque, Ari Vequi, esteve no Jornal da Diplomata na manhã desta terça-feira, 7. Em destaque, o decreto municipal que...
Publicidade
WhatsApp chat