Governo do Estado pagará valor máximo aos hospitais filantrópicos durante pandemia

A partir de agora, até a normalização da situação, os hospitais de porte 5 recebem R$ 2 milhões por mês e as unidades de porte 4 terão um repasse mensal de R$ 1 milhão.

Outras notícias da semana

Temperô inicia nesta quarta-feira

Inicia nesta quarta-feira, 5 de agosto, a quinta edição do Festival de Inverno, o Temperô, realizado pelo...

Prefeitura apresenta novos números da Covid-19

A Vigilância em Saúde registrou mais 116 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado neste...

Brusque regista mais um óbito por coronavírus

A Vigilância em Saúde de Brusque registra, na manhã desta segunda-feira (3), o 34º óbito de coronavírus no município. O novo caso...

Vice-prefeito fala de abertura da Ponte Mário Olinger e continuidade da Beira-Rio margem esquerda

O vice-prefeito José Ari Vequi pede a compreensão da comunidade com a continuidade das obras na ponte Mário Olinger e na Beira...

O governador Carlos Moisés anunciou na manhã deste sábado, 21, que pagará aos hospitais filantrópicos de Santa Catarina o teto estabelecido pela Política Hospitalar Catarinense. Dessa maneira, ficam suspensos, até o fim da pandemia do novo coronavírus, os critérios de avaliação que determinavam o percentual de repasse.

A partir de agora, até a normalização da situação, os hospitais de porte 5 recebem R$ 2 milhões por mês e as unidades de porte 4 terão um repasse mensal de R$ 1 milhão. Também fazem parte da rede os hospitais de porte 3 (que receberão R$ 450 mil), as unidades de porte 2 (R$ 70 mil) e os hospitais de porte 1 (R$ 30 mil).

>>>Governo facilita pagamento de contas de água e luz para famílias de baixa renda

De acordo com o governador, essa medida trará um impacto aos cofres do Estado, porém é necessária por conta da pandemia de Covid-19.

“Atualmente, esses hospitais têm uma métrica para atingir determinados indicadores de avaliação, que levam em conta a produção, a disponibilidade de leitos, equipamentos, etc. São uma série de requisitos para que o hospital vá se qualificando. O que o Governo do Estado está decidindo é que, enquanto durar a situação de emergência e o estado de calamidade pública, nós manteremos a remuneração em teto máximo, independentemente da produção daquele hospital. Isso vai aliviar um pouco as contas dos hospitais filantrópicos. É uma boa notícia para quem trabalha com saúde”, explica Carlos Moisés.

O governador acrescentou que há um acompanhamento diário da situação e que novas medidas serão tomadas conforme a necessidade. Em relação à Política Hospitalar Catarinense, o chefe do Executivo estadual lembrou que ela começou a valer ainda no ano passado e que busca fazer com que haja cada vez mais resolubilidade nas unidades hospitalares conveniadas com o Estado: “Isso significa zelo com o dinheiro público”.

51 casos confirmados em Santa Catarina

Boletim novo coronavírus em SC atualizado em 21 de março às 8h30. (Arte / Secom)

O Governo de Santa Catarina divulgou que o número de casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) até as 8h30 deste sábado, 21, subiu para 51. O estado tem 361 casos suspeitos de Covid-19 e oito pacientes internados com sintomas compatíveis com a doença, entre eles jovens e idosos.

Confira os municípios com casos confirmados (por localidade de notificação): Florianópolis (10), Braço do Norte (6), Tubarão (6), Criciúma (6), Balneário Camboriú (6), Joinville (4), Rancho Queimado (2), Imbituba (2), Chapecó (2),  Jaguaruna (1), Jaraguá do Sul (1), São José (1), Itajaí (1), Navegantes (1), Pomerode (1) e Gravatal (1). Os dados oficiais do Governo do Estado são atualizados no site www.coronavirus.sc.gov.br. As notícias relacionadas às medidas para combater a propagação da doença também podem ser conferidas aqui. 

A partir de agora, até a normalização da situação, os hospitais de porte 5 recebem R$ 2 milhões por mês e as unidades de porte 4 terão um repasse mensal de R$ 1 milhão.. (Foto: Mauricio Vieira / Secom)

Governo do Estado autoriza entrada de veículos de transporte coletivo para repatriar turistas

A Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) autorizou a entrada em território catarinense de veículos de transporte coletivo e de fretamento vindos de outros países para repatriar turistas que estão em Santa Catarina e precisam retornar para casa.

Para entrar no estado, os ônibus devem estar vazios. Os veículos serão escoltados até o local onde os turistas irão embarcar e o retorno deverá ser imediato ao país de origem. As empresas catarinenses de transporte coletivo que tenham linhas para outros países também estão autorizadas a levar os turistas de volta ao seu país – sempre com o retorno vazio, sem passageiros.

Ônibus sendo escoltado pela PM. (Foto: Divulgação / PM)

“Essa é uma medida necessária para solucionar um problema pontual e garantir que as pessoas possam ser repatriadas pelos seus países ou local de origem”, explica o secretário da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

decreto 521 publicado na última quinta-feira, 19, pelo Governo de Santa Catarina proibiu a “circulação e o ingresso, no território estadual, de veículos de transporte coletivo de passageiros, interestadual ou internacional público ou privado, e de veículos de fretamento para transporte de pessoas”.

O presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), Mané Ferrari, destaca como o estado é receptivo aos turistas, porém, neste momento, reforça a necessidade da medida para restringir a entrada de pessoas vindas de outras localidades. “É importante que os turistas, que sempre são bem-vindos aqui em Santa Catarina, tenham o entendimento do momento que estamos enfrentando, não só no nosso estado, mas também no mundo. Essa é uma medida necessária para que, em breve, todos possam retornar”, garante.

Últimas postagens

Previsão do tempo de 10 de agosto.

Previsão do tempo de 10 de agosto.

Conversando com Você de 10 de agosto de 2020

Conversando com Você de 10 de agosto de 2020. Ouça! Conversando com Você de 10 de agosto de...

Homem é detido após disparos de arma de fogo no quintal de casa, no bairro Dom Joaquim

Um homem foi encaminhado para delegacia após denúncia de disparos de arma de fogo. A ocorrência foi registrada por volta das 11h,...

Novo diretor do Colégio São Luiz fala sobre os desafios da educação

Na manhã desta segunda-feira, 10, o Jornal da Diplomata recebeu o Padre Silvano João da Costa, novo diretor do Colégio São Luiz, educandário que...

Atendimento para emissão de Carteira de Identidade no IGP de Brusque funciona apenas em casos emergenciais

O Instituto Geral de Perícias (IGP) de Brusque emitiu um comunicado na manhã desta segunda-feira (10), onde informa que, em razão do risco potencial...
Publicidade
WhatsApp chat