Polícia Civil realiza Operação Marias de combate à violência doméstica em SC

Outras notícias da semana

Confira o Boletim Epidemiológico desta segunda-feira (03)

Brusque registrou nas últimas 24 horas mais 59 casos confirmados de Covid-19. Com isso, a cidade tem agora 3mil 136 pessoas que já foram...

Relatório da Comissão Especial da Educação foi aprovado em sessão virtual

Em sessão ordinária virtual realizada na quinta-feira, 6 de agosto, os vereadores aprovaram o Relatório Final da Comissão Especial da Educação, um projeto de lei,...

Véspera de Dia dos Pais terá sábado fácil com horário estendido em Brusque

Neste sábado, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Brusque (CDL) promove mais uma edição do Sábado Fácil com horário de atendimento estendido...

Brusque empata e garante vaga na final após 28 anos

Na noite desta quarta-feira (5), o Brusque FC enfrentou o Juventus, às 19h30, no estádio Augusto Bauer, em jogo válido pela semifinal do estadual....

A Polícia Civil realiza nesta quinta-feira, 5, a Operação Marias em Santa Catarina. A ação tem como objetivo o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão de autores de crimes cometidos com o emprego de violência doméstica e familiar contra a mulher. Também estão sendo fiscalizadas medidas protetivas de urgência concedidas a estas vítimas pela Justiça.

Pela manhã, dados parciais indicavam que ao menos cinco pessoas haviam sido presas, sendo uma delas em flagrante, em Palhoça, por descumprimento de medida protetiva. Estão sendo realizadas ações em 11 cidades catarinenses. A operação é idealizada pelo Conselho Nacional dos Chefes de Polícia (CONCPC), tem o apoio do Ministério da Justiça e ocorre em vários Estados do país.

Foram cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão de autores de crimes cometidos com o emprego de violência doméstica e familiar contra a mulher. (Foto: Polícia Civil / Divulgação)

“Estamos intensificando todos os dias e agindo na proteção da mulher. A Polícia Civil e a Segurança Pública de Santa Catarina não admitem que a mulher seja vítima de agressões e precisam ser respeitadas”, assinala o presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial e Delegado Geral da Polícia Civil em SC, Paulo Koerich.

As autoridades reforçaram o papel das vítimas em denunciar este tipo de crime à polícia e também os descumprimentos das ordens judiciais pelos agressores. “Decretada a medida protetiva, que as mulheres informem à Polícia Civil qualquer descumprimento ou ação que seja praticada contra quem aquela medida foi decretada para que nós possamos mais uma vez entrar em cena e preservar a sua vida”, observou o presidente do Colegiado.

Últimas postagens

Previsão do tempo de 10 de agosto.

Previsão do tempo de 10 de agosto.

Conversando com Você de 10 de agosto de 2020

Conversando com Você de 10 de agosto de 2020. Ouça! Conversando com Você de 10 de agosto de...

Homem é detido após disparos de arma de fogo no quintal de casa, no bairro Dom Joaquim

Um homem foi encaminhado para delegacia após denúncia de disparos de arma de fogo. A ocorrência foi registrada por volta das 11h,...

Novo diretor do Colégio São Luiz fala sobre os desafios da educação

Na manhã desta segunda-feira, 10, o Jornal da Diplomata recebeu o Padre Silvano João da Costa, novo diretor do Colégio São Luiz, educandário que...

Atendimento para emissão de Carteira de Identidade no IGP de Brusque funciona apenas em casos emergenciais

O Instituto Geral de Perícias (IGP) de Brusque emitiu um comunicado na manhã desta segunda-feira (10), onde informa que, em razão do risco potencial...
Publicidade
WhatsApp chat