Contas da Prefeitura de Brusque de 2016 foram aprovadas na Câmara nesta terça-feira, 3

Piso dos professores também foi assunto na sessão legislativa

Outras notícias da semana

Confira o Boletim Epidemiológico de Brusque nesta terça-feira (26)

O município de Brusque continua com 115 casos de Covid-19, de acordo com a Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância em Saúde, nesta...

Covid-19: Quase 10 mil pessoas foram abordadas na barreira sanitária do bairro Santa Terezinha

A Prefeitura de Brusque, por meio da Vigilância em Saúde, com apoio da Secretaria de Trânsito e Mobilidade do município (Setram), orientou...

Sobe para 121 o número de casos de Covid-19 em Brusque

O município de Brusque contabiliza 121 casos de Covid-19, de acordo com a Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância em...

Boletim Epidemiológico: 115 casos confirmados de coronavírus em Brusque. 52 recuperados

Nas últimas 24h foram registrados quatro novos casos de coronavírus em Brusque. Agora, a cidade tem 115 pacientes que já foram diagnosticados...

A Câmara de Vereadores de Brusque esteve reunida em sessão ordinária nesta terça-feira, 3 de março. A sessão foi voltada para a segunda discussão e votação do Projeto de Decreto nº 11/2019, de origem legislativa, que “Aprova as Contas do Prefeito referente ao exercício de 2016 da Prefeitura Municipal de Brusque”, foi aprovado na sessão desta terça feira (3).

Câmara de Brusque em sessão ordinária. (Foto: Diplomata FM)

Na sessão ordinária desta terça-feira, 3 de março, os vereadores aprovaram ainda três requerimentos, dois pedidos de informações e uma moção na Ordem do Dia. Indicações também foram apresentadas ao Poder Executivo.

Por outro lado, o vereador Marcos Deichmann utilizou a tribuna para falar sobre uma situação que segundo ele o desagradou. De acordo com o vereador, líder da oposição, ele foi indagado por uma professora da rede pública que contou que, ao buscar informações sobre o pagamento do reajuste do piso nacional dos professores, teria sido informada pelo RH da Secretaria de Educação que o mesmo não estaria sendo pago por falta de aprovação da Câmara, sendo que o projeto nem chegou à casa legislativa para ser discutido.  Marcos Deichmann disse que esse tipo de atitude acaba jogando a classe contra a Câmara.

Já o líder do governo, Alessandro Simas, disse que tudo não deve ter passado de um mal-entendido, porque o assunto está ainda sendo discutido pela administração com o Sindicato antes de enviar o projeto para a casa legislativa e comentou, também, sobre uma gratificação paga a alguns servidores que também foi tema abordado pelo vereador Deichmann. Acompanhe entrevista realizada com os dois vereadores por Sergio Ferreira!

Últimas postagens

Professor e filósofo Rodrigo Cesari fala sobre o controle emocional no período da pandemia

Na manhã deste sábado, 30, o Jornal da Diplomata recebeu o professor e filósofo Rodrigo Cesari que falou sobre o “A capacidade...

Sobe para 139 número de casos de Covid-19 em Brusque

Nesta sexta-feira (29) o município conta com um paciente internados em enfermaria O município de Brusque contabiliza até o...

Endorfina – Resultado de 29 de maio de 2020

Pizza grande sabores tradicionais + 01 pizza broto doce da Ramalhone Pizzaria, 100% Delivery. Ramalhone mais que uma pizza,...

Circuito de Corridas Ampe Brusque 30 anos’ será realizado em 2021

A Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (AmpeBr) e a Comissão Organizadora do ‘Circuito de Corridas AmpeBr 30 anos’ informam...

Interligado – Resultado de 29 de maio de 2020

Vaso com Bambú da sorte da Barni Garden Center. Que tal deixar sua casa mais linda e aconchegante com plantas e...
Publicidade
WhatsApp chat