Missa em Azambuja acolhe os três primeiros concluintes do Programa de Residência Médica

Programa de Residência em Clínica Médica conclui os dois primeiros anos de implantação em Brusque com singela homenagem à primeira turma

Outras notícias da semana

Brusque se despede da Copa do Brasil após segunda derrota para o Ceará, mas deixa marca de luta em fase inédita

O Brusque FC foi eliminado da Copa do Brasil 2020, após a segunda derrota para o Ceará, em jogo realizado na noite...

Idosa de 81 anos é a 57ª vítima fatal da Covid-19 em Brusque

Foi registrada neste sábado (26), em Brusque, o 57° caso de morte por coronavírus em Brusque. Trata-se de uma idosa de 81...

Confira o boletim epidemiológico desta sexta-feira, 25 de setembro

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou 26 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado...

Polícia Civil recupera celular furtado dentro de agência bancária

Polícia Civil de Brusque, através da Divisão de Furtos e Roubos - DFR, recuperou na noite desta terça-feira, 22, um aparelho telefônico da marca...

A noite de quinta-feira, 20 de fevereiro, foi reservada para dois momentos especiais aos três primeiros médicos que participaram do Programa de Residência Médica de Brusque. Eles concluíram os dois anos de residência no Hospital Arquidiocesano Cônsul Carlos Renaux – Hospital Azambuja. Em virtude da ocasião, eles e seus familiares foram acolhidos durante a missa celebrada pelo padre Alvino Milani, na Igreja Nossa Senhora do Caravaggio (Igreja de Azambuja). Em seguida, foi servido um jantar na Sociedade Esportiva Bandeirante.

Ao longo dos dois anos em que os três residentes fizeram parte do Programa, eles foram observados, também, pelo padre Milani. Por isso, o Vigário Paroquial e Capelão do Hospital Azambuja fez questão de ressaltar em sua homília o que mais chamava-lhe atenção quando deparava-se com os três profissionais no hospital. “Não olhavam quem era a pessoa, olhavam aquele paciente que precisava do seu apoio e sua ajuda como médico. Foi uma experiência concreta desta resposta que se dá a um Deus que pede de nós que possamos tratar as pessoas por pessoa, iguais na mesma dignidade. E isso percebi muito durante este período de Residência Médica”, destacou o padre em seu discurso. “Ame ao próximo. Cuida do teu próximo. Atende o teu próximo como você gostaria de ser atendido”, enfatizou o sacerdote.

Missa foi presidida pelo padre Alvino Milani. (Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa do Hospital Azambuja)

O Programa

Lançado em agosto de 2016, o Programa de Residência Médica iniciou suas atividades em 15 de março de 2018, e é realizado pelo Centro Universitário de Brusque – Unifebe, com a parceria do Hospital Azambuja e da Prefeitura de Brusque. O Programa oferta três vagas para Especialização em Clínica Médica e duas para Especialização de Medicina de Saúde e Família. Além disso, o Programa é credenciado perante a Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM).

Base para realização da Residência de Clínica Médica, o Hospital recebeu os profissionais para a primeira experiência desenvolvida na estrutura hospitalar. O administrador do Hospital Azambuja, Evandro Roza, destaca que a expectativa é de continuidade. “É a primeira turma e com três excelentes profissionais. Dr. Felipe, Dra. Tamires e Dra. Samara, que adquiriram mais conhecimento no Azambuja e, para nossa surpresa, ficamos sabendo que dois deles já passaram em especialidades bastante importantes. Com a vinda da segunda turma, esperamos dar continuidade ao Programa. Buscando informações, constatamos que a Residência Médica é muito importante para o hospital, como outras especialidades, mas a Residência no Hospital Azambuja somou muito junto à nossa equipe da Clínica Médica, onde hoje temos cinco profissionais”, destaca o administrador.

A segunda turma já iniciou a Residência Médica no segundo semestre de 2019 e outros três darão início em março deste ano. “No futuro, o Azambuja espera buscar mais duas especialidades de Residência, o que também vai agregar no atendimento diário do hospital, somando-se isso ao nosso Corpo Clínico”, observa Evandro.

Diretores, médicos do Azambuja e responsáveis pelo programa com os três primeiros concluintes da residência. (Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa do Hospital Azambuja)

Para o supervisor do Programa de Residência de Clínica Médica, Dr. Antônio de Pádua Santos Lana, orgulho é o sentimento que define o período, ao ver a primeira equipe de profissionais concluir seus dois anos de Residência Médica. “Foi um projeto audacioso e inovador da Unifebe, que o Hospital Azambuja comprou e apoiou em todo tempo, também com o apoio da Prefeitura. Como tudo na vida, tivemos várias dificuldades, e a emoção hoje é porque conseguimos concluir tudo, chegar neste momento com um Programa de Residência diferente, em que respeitamos tudo que está escrito na legislação, valorizando o nosso residente, identificando problemas que eles venham a ter e nos preocupando com o paciente”, destaca Lana.

O Programa de Residência Médica tem a duração de dois anos, com ingresso de três novos profissionais por ano, e insere o profissional em dezesseis preceptores diferentes. “O resultado destes dois primeiros anos foi uma melhora substancial no atendimento da nossa especialidade, que é a Clínica Médica, dentro do hospital, nas unidades de saúde e no Pronto Atendimento do Azambuja”, explica o supervisor.

Vivendo a Medicina dia a dia

A capixaba, Dra. Tamires Soares Hoffmann chegou em Brusque pela primeira vez ao integrar à primeira turma de residentes do programa. Concluir esta importante etapa de sua vida profissional é, também, motivo de muita emoção pessoal. “Estou muito emocionada, porque construímos isso juntos e dá muito orgulho ter participado desse processo. Me senti muito acolhida aqui e tenho que agradecer muito a todos que estiveram envolvidos. Pretendo ficar no Estado a partir de agora”, destaca.

Da esq. para dir.: Doutores Felipe Cadore, Samara Parmeggiani e Tamires Hoffmann. (Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa do Hospital Azambuja)

Ao observar sua trajetória, Dr. Felipe Cadore Klabunde sente orgulho por tudo o que viveu nos últimos dois anos em sua cidade natal. “Hoje olho para trás e vejo que valeu a pena tudo o que fizemos, as dificuldades que enfrentamos. Não foi fácil. Era algo totalmente novo até para a cidade, pois muita gente não tinha conhecimento do que era uma Residência Médica. Mas fico muito feliz e orgulhoso em ter participado. Acho que Brusque, o Hospital Azambuja e a Unifebe merecem isso. O mérito é do grupo, pois um precisava do apoio do outro para fazer acontecer”, observa.

Para a médica chapecoense Samara Paula Parmeggiani, é motivo de alegria e emoção poder ajudar a construir esse importante passo para a Saúde do município e do Programa. “A cidade merece o programa, que é de muita qualidade. Tenho certeza que será sucesso, estamos só no começo. As pessoas envolvidas nele são muito comprometidas com o propósito de fazer um Programa de Clínica Médica de qualidade, pois é uma especialidade muito abrangente, depende de muita coisa para dar certo”, comenta.

Diretores do Azambuja, UNIFEBE com os primeiros médicos residentes do Programa. (Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa do Hospital Azambuja)

Certificação

A solenidade de Certificação da primeira turma de Pós-graduação – Residência Médica em Clínica Médica foi realizada na noite de sexta-feira, 21, no auditório do Bloco C, da Unifebe.

Últimas postagens

Prefeitura de Brusque emite comunicado que proíbe debates e encontros de cunho eleitoral/político/social

Através de nota encaminhada pela Secretaria Municipal de Comunicação Social – SECOM, a Prefeitura de Brusque emitiu uma nota oficial que proíbe...

Covid-19: Prefeitura de Brusque edita novo Decreto nesta terça-feira (29)

A Prefeitura de Brusque editou no final da tarde desta terça-feira (29) o Decreto número 8.741, que dispõe sobre novas medidas de enfrentamento da...

Confira o boletim epidemiológico desta terça-feira, 29 de setembro

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou 27 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira...

Grupo do Bay inaugura nesta quinta-feira, 1º, Centro de Performance e Saúde

O Grupo do Bay está completando seis anos e o projeto chegou a um novo patamar neste ano de 2020. De acordo com...

Antecipação do INSS poderá ser pedida sem limitação de distância

Até 31 de outubro, os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) poderão pedir a antecipação do auxílio-doença em todas as localidades do...
Publicidade
WhatsApp chat