Cadáver masculino é encontrado no rio; corpo está no IML e aguarda reconhecimento

Sem sinais de violência, cadáver passa por perícia para identificar as causas da morte

Outras notícias da semana

Idosa de 81 anos é a 57ª vítima fatal da Covid-19 em Brusque

Foi registrada neste sábado (26), em Brusque, o 57° caso de morte por coronavírus em Brusque. Trata-se de uma idosa de 81...

Covid-19: Credenciamento dos leitos de UTI é prorrogado por 30 dias

O credenciamento dos dez leitos da Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Azambuja, para tratamento exclusivo de pacientes com Covid-19, foi prorrogado pelo Ministério da...

Campanha de multivacinação ocorre neste sábado técnicas da Vigilância Epidemiológica falam sobre ação

No sábado dia 26 de setembro, será realizada pela Vigilância Epidemiológica uma campanha de multivacinação. As pessoas podem procurar as unidades que possuem sala...

Jovem de 28 anos morre após acidente de trânsito, na SC-410, Nova Trento

A Polícia Militar Rodoviária atendeu um acidente de trânsito com vítima fatal, no Km 28,600 da SC 410, em Nova Trento, por...

Um corpo de um homem, ainda não identificado, foi localizado preso a galhos embaixo da ponte Mário Olinger (Ponte dos Bombeiros) na manhã deste domingo, 22 de dezembro.

Era por volta de 5h50 quando um pescador avistou o corpo no Rio Itajaí-Mirim e foi até a base do Corpo de Bombeiros pedir ajuda. Ao chegar até o local indicado, os profissionais encontraram o corpo boiando no rio, em avançado estado de putrefação, o que indica que já está em óbito há cerca de dois dias.

O corpo foi retirado do rio por mergulhados do Corpo de Bombeiros, pela Avenida Bepe Rosa (margem direita), e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Brusque pelos profissionais do Instituto Geral de Perícias (IGP). A Polícia Militar também auxiliou no atendimento. Sem sinais de violência aparente, o corpo passa por perícia para identificar a causa da morte.

Corpo aguarda identificação no IML

Ainda sem identificação da identidade no IML, o cadáver aparenta ter entre 20 e 30 anos, possui tatuagens e alargadores nas duas orelhas. O Instituto Médico Legal aguarda identificação para posterior liberação do corpo.

Sem sinais de violência, cadáver passa por perícia para identificar as causas da morte. (Foto: Pedro Paulo Angioletti / Especial)
Sem sinais de violência, cadáver passa por perícia para identificar as causas da morte. (Foto: Pedro Paulo Angioletti / Especial)

Últimas postagens

Confira o boletim epidemiológico desta quarta-feira, 01 de outubro

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou 24 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado...

CDL afirma em nota que se abstém de apoiar candidaturas e pede voto consciente

Acompanhe o que diz a nota emita pela CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas de Brusque. Nota sobre as...

Samae vai confeccionar nova rede auxiliar: obra ocorre na ponte do Bombeiro

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto  de Brusque - SAMAE - vai confeccionar uma rede auxiliar de abastecimento, a obra vai...

Covid-19: Credenciamento dos leitos de UTI é prorrogado por 30 dias

O credenciamento dos dez leitos da Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Azambuja, para tratamento exclusivo de pacientes com Covid-19, foi prorrogado pelo Ministério da...

Endorfina – Sorteio de 01 de outubro de 2020

Quinta-feira é dia de pizza: Pizza Grande sabores tradicionais da Pizzaria D’Itália, válida para hoje. A única pizzaria da...
Publicidade
WhatsApp chat