Vereador Simas emite comunicado sobre despacho da presidência da Câmara

Vereador Simas emite comunicado sobre despacho da presidência da Câmara

Outras notícias da semana

CDL mostra boas expectativas para o Dia dos Pais, com o Sábado Fácil

O presidente da CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas, Fabrício Zen, comentou sobre as expectativas do comércio para o Dia dos Pais.

Brusque empata e garante vaga na final após 28 anos

Na noite desta quarta-feira (5), o Brusque FC enfrentou o Juventus, às 19h30, no estádio Augusto Bauer, em jogo válido pela semifinal do estadual....

Trânsito na Ponte Mário Olinger será liberado nesta quinta-feira (6)

O tráfego de veículos na Ponte Mário Olinger, no centro, será liberado nos dois sentidos nesta quinta-feira (6), a partir das 5h. As obras...

Secretário da Saúde fala sobre medidas no combate ao coronavírus

Na manhã desta sexta-feira, 07, o Jornal da Diplomata recebeu o Dr. Humberto Martins Fornari, secretário de Saúde de Brusque para falar sobre os...

O vereador líder do Governo na Câmara, Alessandro Simas (PSD), emitiu um comunicado após o despacho do presidente em exercício, Gerson Luís Morelli, o Keka, (PSB), indeferindo requerimento assinado pelos vereadores da bancada situacionista que solicitavam a marcação de uma sessão extraordinária para este sábado (21), às 14h.

A sessão deste sábado tinha por fim proceder a eleição para preenchimento dos cargos de presidente e vice da casa legislativa, vagos a partir da renúncia do ex-presidente José Zancanaro e seu vice Ivan Roberto Martins, ocorrido na sessão ordinária da última terça-feira (17), tendo sido esta a última reunião ordinária do ano de 2019.

Confira o comunicado de Simas, emitido pela Assessoria de Imprensa da Câmara, na íntegra:

Considerando a coletiva de imprensa concedida na tarde do dia 19/12 pelo Presidente Interino da Câmara, o Sr. Gerson Luís Morelli;

Considerando que em seu pronunciamento deixou cristalino que não autorizaria a realização da sessão extraordinária, inobstante tal sessão possua previsão regimental, cabendo apenas ao gestor providenciar os atos administrativos necessários para fins de viabilizar a sua realização;

Considerando que além de não cumprir seu dever regimental de convocação, o presidente interino, em uma atitude arbitrária e desrespeitosa, proibiu qualquer servidor da Câmara de Vereadores, efetivo, comissionado ou cedido, de se fazer presente no dia da sessão, proibindo-os assim de cumprir com suas funções estatutárias, inviabilizando totalmente a realização do ato;

Este Vereador, subscritor do requerimento de realização de sessão extraordinária, falando em nome do grupo, vem, publicamente, lamentando a conduta antirregimental, autoritária e arbitrária do Presidente Interino, e, buscando preservar os servidores da Câmara Municipal, comunicar o CANCELAMENTO da sessão extraordinária agendada para o dia 21/12 as 14h”, diz o comunicado.

Últimas postagens

Vigilância em Saúde confirma em boletim extra o 40º óbito por Covid em Brusque

A Vigilância em Saúde informa o 40º óbito relacionado ao coronavírus em Brusque. Trata-se de um homem de 72 anos, morador do...

Boletim Epidemiológico ampliado desta sexta-feira (7) registra o 39º óbito por Covid

A Vigilância em Saúde de Brusque divulgou nesta sexta-feira (7) o boletim epidemiológico ampliado referente ao novo coronavírus. Conforme os dados, o...

Polícia Militar prende dois homens após caso de furto em supermercado

Na manhã desta sexta-feira, 07, a Policia Militar prendeu um homem por furto e outro por receptação. O fato aconteceu no bairro...

Polícia afirma que manterá rito de investigação de acidente que envolveu Prudêncio

Ao longo desta sexta-feira, 7, a Polícia Militar e Polícia Civil se manifestaram à imprensa, através de notas oficiais, sobre os procedimentos...

Rede Feminina de Combate ao Câncer inicia campanha de arrecadação virtual

A Rede Feminina de Combate ao Câncer iniciou nesta sexta-feira, 7 de agosto, uma campanha virtual para arrecadar valores para a entidade....
Publicidade
WhatsApp chat