Vigilância Epidemiológica realiza diagnóstico de cobertura vacinal da febre amarela, enfermeira fala sobre o tema

Vigilância Epidemiológica realiza diagnóstico de cobertura vacinal da febre amarela, enfermeira fala sobre o tema

Outras notícias da semana

Covid-19: Prefeitura de Brusque edita novo Decreto nesta segunda-feira (21)

A Prefeitura de Brusque editou no final da tarde desta segunda-feira (21) o Decreto número 8.731, que dispõe sobre novas medidas de...

Confira o boletim epidemiológico desta terça-feira, 22 de setembro

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou 31 novos casos confirmados de Covid-19 na cidade, nas últimas 24 horas. Conforme o último boletim epidemiológico...

DIC finaliza investigação sobre homicídio no Rio Branco

O delegado Alex Bomfim Reis afirma que a Polícia Civil elucidou o homicídio que envolve a morte de Fábio Júnior de Paula,...

Confira as aprovações da sessão ordinária desta terça-feira, 22 de setembro

Em sessão ordinária virtual realizada nesta terça-feira, 22 de setembro, os vereadores aprovaram projetos de lei, projetos de decretos legislativos, pedidos de informação, requerimentos e...

Começa a ser posto em prática na última sexta-feira (13) o Plano de Ação de Enfrentamento a Febre Amarela em Brusque. A ação é uma iniciativa do departamento de Vigilância Epidemiológica, através de esforço concentrado proposto pela Secretaria de Estado da Saúde, já que com o aumento da temperatura, há risco do vírus chegar a cidade.

A doença pode ser transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti pelo chamado corredor da mata atlântica, e já houve registros de casos em Garuva, Indaial, Jaraguá do Sul e Joinville, esta última cidade, com dois óbitos confirmados. O macaco, muito presente nas florestas, é um sentinela, pois quando da sua morte, é um indicativo da presença da febre amarela. Brusque ainda não registrou nenhuma ocorrência em humanos ou morte de animais, porém os profissionais de saúde estão em alerta.

Natália Cabral Marchi entrevista ao Jornal da Diplomata.

A vacina é a única prevenção efetiva contra a doença e está disponível para todas as pessoas entre nove meses e 59 anos, de forma gratuita em todas as salas de vacinação das Unidades Básicas de Saúde (UBS). Estudos recentes apontam que uma única dose protege o indivíduo por toda a vida.

A febre amarela tem entre os principais sintomas a febre, calafrios, cansaço, dor de cabeça intensa, dores nos músculos e no corpo, náuseas e vômitos por até três dias. A recomendação é procurar imediatamente a UBS ou hospital mais próximo.

A enfermeira da Vigilância Epidemiológica de Brusque, Natália de Marchi participou ao vivo do Jornal da Diplomata e falou sobre o assunto. Na oportunidade a profissional também discorreu sobre a vacinação contra o sarampo. 

Entrevista ao vivo áudio completo com a enfermeira Natália
SourceRedação

Últimas postagens

Confira o boletim epidemiológico desta quarta-feira, 23 de setembro

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou sete novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado...

Polícia Civil recupera celular furtado dentro de agência bancária

Polícia Civil de Brusque, através da Divisão de Furtos e Roubos - DFR, recuperou na noite desta terça-feira, 22, um aparelho telefônico da marca...

Endorfina – Resultado de 23 de setembro de 2020

Torre de chopp Klaro 2,5 litros Choperia Golden Bier, aberto de domingo a sexta das 18 à meia noite e...

Interligado – Resultado de 23 de setembro de 2020

Ingresso Show Drive-in Dazaranha (carro com até 4 pessoas) CONFIRMADO EM BRUSQUE! 🙌 Vem aí no sábado 26/09 às 17 horas o...

Conversando com Você de 23 de setembro de 2020

Conversando com Você de 23 de setembro de 2020. Ouça! Conversando com Você de 23 de setembro de...
Publicidade
WhatsApp chat