Um dia de cada vez: como estão os sobreviventes do acidente na rodovia Antônio Heil dia 21 de maio

Sobre o acidente, o caso está sendo investigado pela Polícia Civil, através do delegado Alex Bonfim Reis, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Brusque. Ele investiga os fatores que levaram a colisão que envolveu três pessoas, vitimando fatalmente um passageiro e deixando os dois condutores gravemente feridos.

Outras notícias da semana

242 candidatos disputam para cargo de vereador em Brusque; confira

Nome na Urna Nome Completo Nº Situação Sigla Partido/Coligação  ADALMIR AMARALADALMIR FERREIRA DO AMARAL22220Aguardando julgamentoPLPLADEMIR LIMAADEMIR LIMA DOS ANJOS10456Aguardando julgamentoREPUBLICANOSREPUBLICANOSADEMIR - TOTOADEMIR LUIZ DE SOUZA28000Aguardando julgamentoPRTBPRTBADILSO DINOADILSO STEINHEUSER28789Aguardando...

Hospital Azambuja fala sobre experiência com enfermeiras do Ceará no combate à Covid-19

O Hospital Arquidiocesano Cônsul Carlos Renaux – Hospital Azambuja recebeu no início do mês de agosto uma equipe de 12 enfermeiras de...

Brusque FC fecha parceria e inicia projeto no e-Sports

Na tarde da última quinta-feira (25), o Brusque FC anunciou a primeira parceria no mundo dos jogos eletrônicos,...

Brusque cede ao empate contra o Volta Redonda, em jogo de pênalti, virada e superação por desfalques

O Brusque FC chegou muito perto da vitória por 2 x1, mas, no final do segundo tempo cedeu à pressão e ficou no...

A recuperação de Daniel Lacerda, motorista do Fiesta, e a luta pela sobrevivência do médico Guido Sasse Bauer Junior, motorista do Jetta, ainda na UTI

Daniel Lacerda
Daniel Paulo Lacerda está bem e se recupera do acidente. (Foto: Arquivo pessoal)

Depois do susto a recuperação. Daniel Paulo Lacerda, 34 anos, tem vivido, junto do apoio incondicional da família, um dia de cada vez na busca pela recuperação após o grave acidente que sofreu dia 21 de maio, na rodovia Antônio Heil, bairro Santa Terezinha. Daniel deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na sexta-feira (24). Ele foi uma das três vítimas da colisão frontal que hospitalizou ele e o médico Guido Sasse Bauer Junior, 59 anos, condutor do outro veículo envolvido no acidente. No Fiesta de Daniel também estava Ivair Mariani da Silva, que em virtude da forte colisão, não resistiu e faleceu na hora.

O acidente ocorreu enquanto o dia amanhecia timidamente perante tanta neblina. Minutos depois das 7 horas, quando Daniel e Ivair deixavam Brusque para seguir com destino ao litoral para trabalhar, foram surpreendidos pelo acidente que entristeceu Brusque naquela terça-feira. O médico Guido, que estava no Jetta vindo a Brusque para trabalhar na Unidade Básica de Saúde do bairro Santa Luzia, permanece internado na UTI do Hospital Azambuja. Seu estado é grave, respira com ajuda de ventilação mecânica.

Daniel quebrou sete costelas, fraturou o centro do peito, perfurou pulmão, sofreu fratura exposta no punho esquerdo, fraturou o fêmur e enfrentou uma cirurgia extremamente complexa logo na sua internação. Em breve deve passar por cirurgia no punho. Mas nada é maior que ter sobrevivido a um acidente tão grave. Pouco mais de uma semana após o acidente a família celebra cada dor que tem sido amenizada na pele de Daniel. E ele não cansa de agradecer por isso.

Ainda enfrentando momentos de evolução positiva e dores, ele acredita que na próxima semana já deva ganhar alta, dependendo dos procedimentos médicos. Cada dia tem alcançado mais força para seguir em frente e resistir.

“Estou cada dia que passa melhor, quase saindo da cama já. Daqui a pouco estou indo embora de pé, correndo”, brinca Daniel. “Deus fez um milagre muito grande na minha vida e sou muito grato por isso”, agradece. Outro agradecimento que ele direciona é para quem está torcendo por ele. “Agradeço a todos vocês que se preocuparam comigo, agradeço a cada um, que Deus abençoe a todos”.

Milagre de Deus

Daniela Pavesi Lacerda é esposa de Daniel e tem vivido os últimos dias numa rotina da casa para o hospital e do hospital para casa. A esposa não tem dúvidas que o marido viveu um milagre.

“Cremos que foi um livramento muito grande. O Daniel é um servo de Deus. No dia do acidente ele estava fazendo consagração em jejum, pois estava numa campanha por três famílias, estava orando muito, então Deus guardou ele”, relata Daniela ainda bastante emocionada. O casal tem um filho de nove anos.

Daniela conta que o contato com a família do médico Guido, que permanece internado, tem sido constante e tem recebido constante apoio por parte deles, também. “É uma família maravilhosa”, destaca. “Depois que ele [Daniel] sair nem ele e nem eu vamos conseguir trabalhar, porque vou ter que cuidar dele, fazer tudo, porque não sei quanto tempo levará para ele recuperar o movimento do joelho dele”, conta.

Receber a notícia do acidente foi um dos dias mais difíceis para Daniela. Ela trabalhava das 5h às 13h30 em uma confecção, no Jardim Maluche, quando se deparou com um vídeo. Durante o horário do café, das 8h às 8h30, uma amiga mostrou imagens de um acidente que mostrava dois carros envolvidos. “Olha o acidente que deu ali na Marazul”, contava a amiga sem saberem, ambas, de quem se tratava.

Mesmo vendo que o carro era parecido com o que o marido estava, Daniela não reconheceu, num primeiro instante. “Era um vídeo que não aparecia vítimas, só apareciam os dois carros batidos. Fiquei olhando para aquele vídeo, achei parecido com nosso carro. E era bem onde meu marido passava. Só que daí eu não vi o rack em cima do carro, porque nosso carro tinha um rack que ele levava a escada para trabalhar no litoral, ele é eletricista e sempre está mais para Itajaí, Balneário Camboriú. E, como não vi o rack em cima do carro, nem desconfiei de nada e voltei trabalhar às 8h30. Não deu dez minutos apertaram o interfone do prédio que trabalho. A minha patroa me chamou e era o pastor da nossa igreja que veio e disse: ‘Dani, fica com Deus, Deus está contigo, o Daniel sofreu um acidente. É grave, mas ele está indo para cirurgia’. Aí veio tudo na minha cabeça, foi demais, sabe?”.

Daniela foi às pressas para o hospital, ainda conseguiu ver Daniel no Pronto Socorro, respirando por oxigênio. “Ele estava muito desesperado, mas eu disse pra ele ‘Dani, se fosse pra ti morrer, Deus teria te levado lá no acidente, Deus tem um grande propósito na tua vida. Tu vai salvar muitas almas para o Reino de Deus. Ele te abraçou com suas asas lá naquele momento, porque tu és um escolhido”, relembra.

Sobre o acidente, o caso está sendo investigado pela Polícia Civil, através do delegado Alex Bonfim Reis, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Brusque. Ele investiga os fatores que levaram a colisão que envolveu três pessoas, vitimando fatalmente um passageiro e deixando os dois condutores gravemente feridos.

Últimas postagens

Prefeitura de Brusque emite comunicado que proíbe debates e encontros de cunho eleitoral/político/social

Através de nota encaminhada pela Secretaria Municipal de Comunicação Social – SECOM, a Prefeitura de Brusque emitiu uma nota oficial que proíbe...

Covid-19: Prefeitura de Brusque edita novo Decreto nesta terça-feira (29)

A Prefeitura de Brusque editou no final da tarde desta terça-feira (29) o Decreto número 8.741, que dispõe sobre novas medidas de enfrentamento da...

Confira o boletim epidemiológico desta terça-feira, 29 de setembro

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou 27 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira...

Grupo do Bay inaugura nesta quinta-feira, 1º, Centro de Performance e Saúde

O Grupo do Bay está completando seis anos e o projeto chegou a um novo patamar neste ano de 2020. De acordo com...

Antecipação do INSS poderá ser pedida sem limitação de distância

Até 31 de outubro, os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) poderão pedir a antecipação do auxílio-doença em todas as localidades do...
Publicidade
WhatsApp chat