Chamadas ao 193 de Brusque, Guabiruba e Botuverá passam a ser atendidas pela central de Blumenau

Outras notícias da semana

Caixa abre no próximo sábado para saque de auxílio emergencial

A Caixa vai abrir 2.213 agências no próximo sábado (30), das 8h às 12h, para atendimento aos beneficiários do auxílio emergencial que receberam a...

Incêndios em vegetações movimentam a segurança pública na tarde desta terça-feira

Os bairros Santa Luzia (próximo a Unidade Prisional Avançada de Brusque), Ribeirão Tavares e o município de Botuverá registram nesta terça-feira, 26,...

Covid-19: Quase 10 mil pessoas foram abordadas na barreira sanitária do bairro Santa Terezinha

A Prefeitura de Brusque, por meio da Vigilância em Saúde, com apoio da Secretaria de Trânsito e Mobilidade do município (Setram), orientou...

Mega-Sena acumula e próximo sorteio deve pagar R$ 45 milhões

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2266 da Mega-Sena, realizado ontem (30), no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo, situado no terminal rodoviário do...

O 3º Batalhão de Bombeiros Militar iniciou o processo de migração total do telefone 193 para a central de operações de Blumenau no dia 17 de abril. A partir de agora, todas as chamadas de emergência realizadas em Brusque, Guabiruba e Botuverá passam a ser atendidas pelos operadores da sede do Batalhão, atingindo toda a área geográfica da unidade.

A configuração em central única passa a contar com os bombeiros militares previamente escalados exclusivamente para o atendimento do telefone 193 e visa atender planejamento estratégico, unificar protocolo de atendimentos a emergência, potencializar a resposta às ocorrências, eis que uma Central única tem maior facilidade de gerenciar os diversos recursos operacionais existentes e não gerar redundância de atendimento, que poderão ser empregados de acordo com a demanda, além de resolver em parte o problema de efetivo da 3ª Companhia, sediada em Brusque.

Conforme nota enviada pelo Corpo de Bombeiros, a mudança otimiza recursos tecnológicos, ferramentais e humanos, bem como resulta na melhor coordenação das atividades operacionais. Os despachos do operador da central serão feitos de Blumenau por intermédio de rádio e do sistema Firecast, que utiliza o Google Maps para facilitar a localização das ocorrências pelas guarnições de serviço.

O sistema está totalmente integrado à central, sendo abastecido em tempo real, ou seja, não haverá aumento do tempo-resposta nas ocorrências, pois todos os quartéis são integrados à central por rádio, internet, telefone e sistema de acionamento remoto (sistema de som instalados dentro dos quartéis e que permitem o acionamento em tempo real).

Além do uso de novas tecnologias, a migração permitirá que mais bombeiros militares possam ser empregados na atividade fim, pois deixa de haver a necessidade de emprego de efetivo exclusivo para o atendimento do telefone 193 em Brusque.

A centralização permite que o militar dentro de toda a circunscrição possa ser acionado através do seu rádio ou viatura, sem a necessidade de estar aquartelado, liberando o mesmo para o atendimento operacional. Para centralizar em Blumenau as chamadas de todos os municípios com quartel da região do 3º Batalhão de Bombeiros Militar, foram procedidos estudos das demandas operacionais de cada cidade, bem como levantadas as necessidades de incremento humano e tecnológico.

O Pelotão de Bombeiros Militar de Gaspar foi o primeiro a migrar o telefone 193 para Blumenau, seguido pelas cidades de Timbó, Benedito Novo, Rio dos Cedros e Doutor Pedrinho, no ano de 2016, sem qualquer prejuízo a esses municípios.

 Quando eu ligar para o 193, vou ser atendido?

Após o anúncio da mudança, muitas pessoas começaram a debater sobre o assunto nas redes sociais e na comunidade. Entretanto, não há com o que se preocupar: todas as chamadas para o telefone 193 serão atendidas, seja em Brusque ou em Blumenau.

O processo é gradativo e teve início no último dia 17 de abril de 2019 com a migração dos telefones fixos da operadora Oi das cidades de Brusque, Guabiruba e Botuverá. No momento a Central de Brusque continua ativa e ainda recebendo chamados, devendo assim permanecer até que ocorra a migração de todas as operadoras de telefonia fixa e móvel, com prazo estimado de 60 dias.

Esse procedimento é adotado no período de transição, permitindo que toda chamada que ocorra no número 193 seja atendida, sem qualquer perda, e o atendimento ocorra a todos os cidadãos.

Assessoria de Imprensa – Corpo de Bombeiros SC

Últimas postagens

Confira o Boletim Epidemiológico da Prefeitura de Brusque desta segunda-feira (01)

A Secretária de Saúde de Brusque, por meio da Vigilância em Saúde, informa os números relacionados à pandemia de Coronavírus (Covid-19) no município. Nesta segunda-feira...

Decreto Estadual mantém eventos esportivos suspensos até 5 de julho

O Governo do Estado postergou o decreto que mantinha eventos esportivos suspensos em virtude da pandemia do coronavírus. Conforme a nova publicação,...

Interligado – Resultado de 01 de junho de 2020

Pizza Média da Choperia Golden Bier(para consumir no local). Aberta todos os dias a partir das 18:00. Todas as quintas, Quintaneja,...

Vacinação é prorrogada para público de todas as fases da campanha

Diante de um baixo índice de vacinação de grupos prioritários, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe teve seu prazo ampliado e agora...

7º Festival Nacional da Cuca está confirmado em 2020

O 7º Festival Nacional da Cuca - o doce sabor da tradição alemã está confirmado em 2020: o evento acontece de 30 de julho...
Publicidade
WhatsApp chat