Combate e rescaldo a incêndio que atingiu empresa em Dom Joaquim durou quase 9 horas

Quase nove horas após o início do incêndio que atingiu uma fábrica de estofado no bairro Dom Joaquim, o Corpo de Bombeiros concluiu o atendimento à ocorrência na tarde desta terça-feira, 12, por volta das 15h.

Outras notícias da semana

UNIFEBE anuncia venda do anfiteatro

O Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE) anunciou nesta quinta-feira (22), a venda do anfiteatro, localizado na rua Manoel Tavares, no Centro de...

Boletim Epidemiológico de quinta-feira, 26 de outubro

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou 47 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado...

Missas do Santuário Santa Paulina retornam neste final de semana

O Santuário Santa Paulina retorna com as missas presenciais, neste sábado, 24 de outubro. As celebrações com público acontecerão todas as sextas: às...

CDL faz esclarecimentos sobre vídeo em que candidato questiona “Área Azul”

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Brusque recebeu na manhã desta quinta-feira, 22 de outubro de 2020, um vídeo de um candidato a...
Incêndio em empresa
Local está isolado para perícia. (Foto: Diplomata FM)

Quase nove horas após o início do incêndio que atingiu uma fábrica de estofado no bairro Dom Joaquim, o Corpo de Bombeiros concluiu o atendimento à ocorrência na tarde desta terça-feira, 12, por volta das 15h.

Bombeiros de Brusque e Guabiruba foram mobilizados para auxiliar no atendimento, que teve início pouco depois das 8 horas. De acordo com a 3ª Companhia de Bombeiros Militar, o sinistrou atingiu o galpão da Tomasi Estofados, localizada no bairro Dom Joaquim. Em cinco minutos, o local estava todo tomado pelo fogo, fumaça, gás tóxico por causa da espuma. Só houve tempo de correr.

O Capitão Jacson Luiz de Souza, comandante do Corpo de Bombeiros de Brusque, conversou com nossa reportagem por volta das 17h de hoje e falou a respeito desta ocorrência. Conforme o oficial, os trabalhadores ainda conseguiram retirar muito material combustível do interior da empresa, e isso, de certa forma, auxiliou o trabalho dos bombeiros. Alguns maquinários e madeiras não queimaram e serão reaproveitados, porém isso será feito a partir de segunda-feira, com muita segurança.

“A gente conversava com os proprietários e com o Engenheiro responsável pela obra, eles irão nos apresentar um plano de trabalho e os laudos para começar a remover com muito cuidado aquela estrutura metálica e as placas da parede de alvenaria da edificação”, explica o comandante do Corpo de Bombeiros de Brusque, Capitão Jacson Luiz de Souza em entrevista à Diplomata FM.

Incêndio em empresa
Local atingido por incêndio de grandes proporções. (Foto: Diplomata Diplomata FM)

Os bombeiros montaram uma linha de combate ao incêndio confinado, até ele ser controlado. A área foi isolada para posterior perícia. Durante o dia todo cuidado foi mantido e observado no local por conta do risco de colapso em três paredes comprometidas.

O incêndio destruiu grande parte da edificação e comprometeu toda a estrutura interna.  O Corpo de Bombeiros utilizou cerca de 20 mil litros de água e cinco viaturas para o combate às chamas. O Samu foi acionado para prestar socorro pré-hospitalar.

Incêndio em empresa
Bombeiros de Brusque e Guabiruba foram mobilizados para auxiliar no atendimento, que teve início pouco depois das 8 horas. (Foto: Diplomata FM)

Os funcionários da empresa conseguiram fazer com que a situação não fosse ainda mais complexa. Conforme o Capitão Jacson, eles identificaram o incêndio, que teria iniciado em um depósito aos fundos da edificação, e tentaram combater. “A edificação está regularizada, tinha sistemas preventivos, como hidrantes, extintores e tudo mais, mas pela característica do material, com baixa densidade e alta combustibilidade, a propagação foi extremamente rápida e logo tiveram que abandonar a estratégia e começara a retirar o material para prevenir mais dandos”.

Vítimas

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local, porque duas pessoas foram atingidas e precisaram de atendimento médico: um homem ficou com um dos braços feridos na tentativa de debelar o fogo e uma segunda vítima precisou ser atendida pela equipe médica do Samu devido a inalação de fumaça.

Segundo informações colhidas pela reportagem, cerca de 35 funcionários estavam no local no momento que o incêndio começou. “Segundo informações, houve um pequeno foco sobre espuma onde há material usado para fabricação de estofado, e isso muito rápido se alastrou, e os trabalhadores saíram correndo do interior do galpão”, relata o Sargento Castro ao Jornal da Diplomata.

Últimas postagens

Atleta apoiado pelo Bandeirante vence ultramaratona em Bombinhas

Ao longo de sua história, a Sociedade Esportiva Bandeirante sempre apoiou atletas de diferentes modalidades. Há seis meses, o clube disponibiliza sua estrutura para os...

Brusque FC relaciona 19 atletas para enfrentar o Ituano

O técnico Jerson Testoni relacionou os seguintes atletas para a partida contra o Ituano, nesta quinta-feira (28), em Itu. Goleiros: Dida...

Endorfina – sorteio de 28 de outubro.

Chapa de carnes da Golden Bier. Durante o mês de Outubro, de quinta a domingo ao meio dia tem almoço Campi Buffet,...

Interligado – Resultado de 28 de outubro de 2020

Livro + Esperto que que o diabo(100 milhões cópias vendidas) presente da Graf Livraria. *** Ganhadora: Jaqueline Testoni *** Camisola...

Navegador de Brusque é vice-campeão da etapa do Mitsubishi Motorsports em Bragança Paulista

O Mitsubishi Motorsports realizou a terceira etapa do ano em Bragança Paulista (SP) no último sábado, dia 24 de outubro. Depois de muitos dias...
Publicidade
WhatsApp chat