Início Notícias Política Aprovado projeto que fixa 50% de reembolso de auxílio medicamento aos servidores...

Aprovado projeto que fixa 50% de reembolso de auxílio medicamento aos servidores públicos

Voltou para votação na Câmara, com emenda modificativa, o projeto que trata do auxílio medicamento para servidores públicos de Brusque. A matéria casou debates nas últimas sessões, sobre a necessidade de regulamentar e dar critérios ao benefício do reembolso.

Para elaboração do projeto, houve acordo em conjunto da Prefeitura de Brusque com o SINSEB – Sindicato dos Servidores, no entanto, nas últimas sessões aconteceram desencontros no texto da matéria, principalmente o item que citava 100% de reembolso. Outro item técnico é a lista de medicamentos que não farão parte do reembolso, diante de abusos cometidos sem a existência do projeto.

Os chamados “equívocos” do texto do projeto foram corrigidos, após o pedido de vista feito pelo vereador Marcos Deichmann, na última sessão. A emenda modificativa manteve a lista de medicamentos e fixou o valor do reembolso em 50% dos gastos efetuados no mês pelo servidor público.

Projeto de Lei Complementar também delimita o reembolso em 100% (cem por cento) do menor vencimento básico do Município (em torno de R$ 1,2 mil), com ação retroativa a partir de 1º de março.

A lista de medicamentos que não farão parte do benefício do reembolso

Tratamento capilar estético;

Tratamento específico de disfunção erétil;

Tratamento exclusivamente para infertilidade;

Tratamento estético;

Produtos ortopédicos, exceto quando originário de acidente de trabalho;

Meias para tratamento estético, exceto meias compressivas;

Toucas;

Sais minerais ou vitaminas, exceto os previstos em laudo médico prescritivo;

Óleos para tratamento estético;

Produtos cosméticos, assim definidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA

Antissépticos bucais;

Medicamentos manipulados sem a prescrição médica e especificação de princípio ativo via relatório gerencial, expedido pela farmácia;

Produtos não classificados como medicamentos pela ANVISA, não contemplados na presente lei complementar.

O reembolso do benefício de auxílio medicamento será regulamentado por meio de Instrução Normativa, emitida conjuntamente pela Secretaria de Orçamento e Gestão, Controladoria-Geral do Município e Departamento de Recursos Humanos.

Must Read

Manhã Mais – Sorteio segunda-feira 21 de outubro

Hoje temos: Um par de ingressos do Cine Gracher + 10 revelações de fotos 10x15 da Color Center, no...

Eleita nova realeza da Fenarreco

A 34ª edição da Fenarreco chegou ao fim no domingo (20). O evento foi fechado com a escolha da nova realeza da...

Brusque vence o Barroso e mantém invencibilidade sob comando de Jersinho

Na manhã de domingo, 20, o Brusque visitou o Almirante Barroso e venceu por 1 a 0. O gol Quadricolor foi marcado...

Colisão envolve dois veículos na madrugada de domingo no Centro

Na madrugada deste domingo, 20, por volta das 1h15 o Corpo de Bombeiros e Polícia Militar foram acionados para o atendimento de...

Polícia Rodoviária registrou três acidentes na rodovia no bairro Itaipava

Acidente por volta das 18h, na rodovia SC 486, no bairro Itaipava, município de Itajaí, ocorreu um acidente de trânsito com vítimas....
WhatsApp chat