Início Notícias Política Câmara aprova projeto que extingue e cria cargos no legislativo

Câmara aprova projeto que extingue e cria cargos no legislativo

A Câmara Municipal realizou sessão ordinária nesta terça-feira, 19 de março. Os vereadores discutiram três projetos de lei na Ordem do Dia.

Após o uso da palavra pelas lideranças partidárias e também no espaço da palavra livre, onde vários temas foram abordados, houve a discussão e votação dos projetos que estavam em pauta na ordem do dia.

Em primeira discussão e votação, aprovado o Projeto de Lei Ordinária nº 05/2019, de origem executiva, que “Autoriza o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto – SAMAE de Brusque a celebrar acordo extrajudicial, que abaixo especifica”;

Em primeira discussão e votação, aprovado o Projeto de Lei Ordinária nº 06/2019, de origem executiva, que “Autoriza o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto – SAMAE de Brusque a celebrar acordo extrajudicial, que abaixo especifica”.

Em discussão e votação única, também em pauta o Projeto de Resolução nº 02/2019, de origem legislativa, que “Extingue e cria cargos no quadro único de servidores do Poder Legislativo”.

Sessão da Cãmara
Sessão da Cãmara de Brusque realizada nesta terça-feira, 19.

Depois de muita discussão e votação entre situação e oposição, o edil Sebastião Isfer de Lima do PSDB, líder da oposição apresentou um requerimento pedindo vistas do referido projeto para que o mesmo fosse melhor avaliado, no entanto o pedido foi rejeitado.

Ato continuo o presidente colocou o projeto em votação e o mesmo foi aprovado por maioria mínima dos presentes 7 x 5.

Ivan Roberto Martins vice-presidente da Casa Legislativa, falando ao Jornalismo Diplomata, disse que o presidente teria a prerrogativa de nomear servidores para os cargos vagos mas preferiu elaborar um projeto extinguindo os mesmos e criando dois que segundo ele é necessário.

Acompanhe a entrevista concedida por Ivan Martins ao Jornal da Diplomata

Já o vereador de oposição Paulo Sestrem criticou o projeto especialmente segundo ele por não ser o momento adequado para criação de cargos, uma vez que o que a sociedade quer é mais austeridade com o dinheiro público, embora a Câmara de Brusque seja bastante enxuta em relação a outras do estado.


Acompanhe a entrevista concedida por Paulo Sestrem ao Jornal da Diplomata


Com informações de Sergio Ferreira

Must Read

Início do sábado é marcado por colisões veiculares; Bombeiros, PM e GTB atuaram nos casos

O Corpo de Bombeiros de Brusque e Guabiruba, além da Polícia Militar e Guarda de Trânsito (GTB), atenderam na manhã deste sábado,...

Confira os destaques atendidos pela PM nas últimas horas

Nesta sexta-feira, poucos depois das 16h, o Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM) recebeu uma denúncia de que estaria ocorrendo tráfico...

Palestra ‘Friozinho 2020’, com Renata Abranchs, reuniu mais de 400 pessoas durante a Rodada de Negócios

Como parte da programação especial da 50ª Pronegócio, a Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e região (AmpeBr), em parceria...

Processo eleitoral do Conselho Tutelar de Brusque é tema da entrevista especial deste sábado, 24

As eleições para o Conselho Tutelar de Brusque estão previstas para o dia 6 de outubro e, por isso, a cidade vive,...

Everton Cunha, o ‘Kankinha’, é condenado em Júri Popular por acidente fatal em 2016

O Dr. Edemar Leopoldo Schlösser, Juiz da Vara Criminal, através da Assessoria Criminal, divulgou na noite de sexta-feira (23), sentença referente ao...
WhatsApp chat