Obra de macrodrenagem reivindicada pela comunidade é iniciada em Águas Claras

Outras notícias da semana

Brusque FC realiza 41 testes do Covid-19 e todos testam negativo

Na manhã deste sábado (11), o Brusque Futebol Clube realizou 41 testes rápidos do Covid-19, para a realização da partida de volta...

Botuverá tem 29 casos confirmados de coronavírus

A Secretaria de Saúde informou, na tarde deste domingo (12), que há 29 casos confirmados de coronavírus em Botuverá.

Brusque FC encerra preparação para o retorno das decisões do Catarinense

Nesta quarta-feira, 8, o Brusque FC encerrou a sua preparação para enfrentar o Joinville, com o famoso rachão. A comissão técnica, optou por realizar...

Sesi de Brusque tem cinco projetos premiados em torneio estadual de educação

Mais uma vez a metodologia de ensino aplicada nas unidades do SESI SENAI de Brusque, foi destaque no Estado. Desta vez, cinco...

Teve início nesta quarta-feira importante obra de macrodrenagem reivindicada pela comunidade da região da rua Santa Cruz, no bairro Águas Claras

Macrodrenagem rua Santa Cruz
Foram mais de 30 anos convivendo com constantes transtornos durante períodos de chuvas na rua Santa Cruz e entorno

Uma complexa obra de macrodrenagem teve início nesta quarta-feira (27), no bairro Águas Claras, na rua Santa Cruz. Esta é a principal via que liga os bairros Águas Claras e Paquetá. A comunidade reivindicava melhorias por conta dos transtornos enfrentados com alagamentos e residências atingidas durante períodos de chuvas naquela região. Foram mais de 30 anos convivendo com constantes transtornos durante períodos de chuvas. A obra iniciada nesta quarta envolverá troca de tubulações e até detonação de rocha.

O local é considerado de risco e com alto potencial de alagamentos. Quem dá mais detalhes sobre a obra é o Diretor-geral da Secretaria de Obras, Nik Angelo Imhof. Acompanhe!

Diretor-geral da Secretaria de Obras, Nik Angelo Imhof

Esta região compreende a rua Santa Cruz, que sofre com alagamentos em períodos de chuvas torrenciais ou de longa duração. Através de reuniões com moradores da localidade, a pasta percebeu que este problema dos alagamentos, onde as casas são atingidas, já perdura por mais de 30 anos.

Rua Santa Cruz
Residências eram invadidas por água e ruas totalmente alagadas durante fortes chuvas.

O trabalho começou com a tubulação de 1,5 metros que vem do rio. Conforme Nik Angelo Imohf, um dos grandes desafios identificados no local, e que serão encontrados ao longo dos trabalhos na região, é a existência de uma grande laje de rocha, o que deve se tornar uma dificuldade ainda maior nos próximos dias, e, por isso, deve ocorrer detonação de rochas na obra.

“Começamos a fazer todo o levantamento das residências, problemas patológicos nas residências, para identificação de qualquer situação nestas casas, como fissuras que podem ocorrer em virtude da detonação de rocha”, enfatiza.

“É uma drenagem que será executada na rua Santa Cruz com 144 metros de tubulação de 1,5 metros, destes, 144 metros entrará uma tubulação de 1,20 metros na rua Paulo Knihs. Naquele local há alagamento, entra água nas casas das pessoas, é um ponto bem crítico. Desta tubulação serão feitas também as ruas transversais”, explica.

Rua Santa Cruz
Obra já está em andamento naquela região do bairro Águas Claras.

Ainda na manhã desta quarta-feira, durante conversa com os moradores locais, a pasta fez algumas ponderações, e foi combinado a execução, em uma primeira etapa, 88 metros de um tubo de 1,20m até captar a água a água que vem da rua João Batista Debatin, pois atualmente a água que passa por este local passa por baixo de algumas residências, ou seja, é uma tubulação bastante deficitária, com diâmetro de 30 cm. “Essa tubulação já será substituída por um tubo de 1,20 m até neste ponto e depois iremos seguir para as demais ruas”.

Rua Santa Cruz
O local é considerado de risco e com alto potencial de alagamentos.

A Secretaria de Obras ressalta que o local é considerado de risco, com alto potencial de alagamento, onde as pessoas sofrem há muitos anos com casas atingidas por água e alagamentos na nas ruas. “Os transtornos oferecem riscos às famílias, com relação aos muros que funcionavam como comportas que seguravam toda a água. Toda essa macrodrenagem é de extrema importância para a comunidade”, finaliza Imhof.

Rua Santa Cruz
A obra iniciada nesta quarta envolverá troca de tubulações e até detonação de rocha.

Últimas postagens

Humberto Fornari continua internado, conforme boletim médico deste domingo, 12

COVID-19 – Estado de Saúde do Secretário de Saúde, Humberto Fornari (Boletim Secom) Sobre o...

COVID-19: Brusque ultrapassa mil casos da doença

A Vigilância em Saúde de Brusque informa que foram registrados 53 novos casos de coronavírus nas últimas 24...

Botuverá tem 29 casos confirmados de coronavírus

A Secretaria de Saúde informou, na tarde deste domingo (12), que há 29 casos confirmados de coronavírus em Botuverá.

Bombeiros controlam princípio de incêndio em poste

Por volta das 7h deste domingo, 12, o Corpo de Bombeiros combateu um incêndio em fiação telefônica em um poste de iluminação pública. O...

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 44 milhões na terça-feira

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do Concurso 2.278 da Mega-Sena sorteadas neste sábado (11), no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo. Com isso, o prêmio para o...
Publicidade
WhatsApp chat