Secretaria de Obras identifica problema que pode ser causador de alagamentos no Centro

Secretaria de Obras identifica problema que pode ter sido causador de alagamentos no cruzamento da Felipe Schmidt com a João Bauer

Outras notícias da semana

Médico Pediatra e Téc. de Enfermagem da Secretaria de Saúde falam sobre Dia D de Vacinação

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Brusque, que possuem sala de vacina, estarão abertas neste sábado (17), das 8h às 17h,...

Câmara de Guabiruba realizou sessão na terça-feira

Na noite de terça-feira, 20, foi realizada mais uma sessão ordinária na Câmara Municipal de Guabiruba, sendo os trabalhos realizados de forma virtual e...

Brusque FC renova com Rodolfo Potiguar

O Brusque FC renovou o contrato com o volante Rodolfo Potiguar. Dono da camisa 5, o volante tinha vínculo até 30 de novembro deste...

Centro de Triagem de Guabiruba passa a atender nos fundos da UBS Centro

Com a redução no número de casos de Covid-19 em Guabiruba e queda na procura por atendimento, o Centro de Triagem a...

Secretaria de Obras identifica problema que pode ter sido causador de alagamentos no cruzamento da Felipe Schmidt com a João Bauer 

Na manhã deste domingo (10), a Secretaria de Obras realizou uma intervenção no cruzamento das ruas João Bauer com a Felipe Schmidt. No local havia um problema de alagamento, que até atingia as residências, cada vez que chovia com maior intensidade na área central. Os transtornos eram constantes, e não só interditavam o trânsito, como atingia residências e comércios.

Cruzamento da Felipe Schmidt com a Joao Bauer
Cruzamento da Felipe Schmidt com a João Bauer. (Foto: Divulgação Especial)

O Secretário de Obras, Ricardo de Souza, explica que foi detectado um problema que pode ser o responsável pelos alagamentos. “Nós tínhamos um problema crônico no local. Qualquer chuva de maior intensidade colocava água nas residências e comércios, chegando a uma altura de 70 a 80 centímetros de água.

Obras
Bocas de lobo eram ligadas às galerias com um tudo de 20 centímetros. (Foto: Divulgação / Especial)

Um estudo feito pela equipe técnica mostrou que as caixas de captação (bocas de lobo), eram ligadas às galerias com um tudo de 20 centímetros, o que é considerado por Ricardo como um tubo insuficiente. “Fizemos a intervenção, e faremos a troca de cinco bocas de lobo e vamos fazer a ligação delas com a galeria existente ali com tubos de 40 centímetros. Acredito que, se não solucionar totalmente, vai amenizar, muito, o problema de enxurradas que tínhamos naquele local ali”, diz.

Últimas postagens

Brusque registra 18 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou 18 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado...

CDL faz esclarecimentos sobre vídeo em que vereador questiona “Área Azul”

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Brusque recebeu na manhã desta quinta-feira, 22 de outubro de 2020, um vídeo de um candidato a...

Homem de 32 anos é encontrado sem vida às margens da Rua da Fazenda

Um homem de 32 anos, identificado como Jean Carlos Castellain, foi encontrado sem vida às margens da rua Abraão de Souza e...

Interligado – resultado Sorteio de 22 de outubro.

Minissaia Jeans presente da Cosh Jeans, que está cheia de novidades pra toda a Família no Bairro Águas Claras, siga no instagram @coshjeans

Previsão do tempo de 22 de outubro de 2020.

Previsão do tempo de 22 de outubro.
Publicidade
WhatsApp chat