Perturbação do sossego lidera chamadas para a PM em SC nos últimos anos

Especialistas em segurança acreditam que outros chamados mais graves poderiam ser atendidos no Estado caso houvesse mais diálogo

Outras notícias da semana

Brusque regista mais um óbito por coronavírus

A Vigilância em Saúde de Brusque registra, na manhã desta segunda-feira (3), o 34º óbito de coronavírus no município. O novo caso...

Idosa é encontrada ferida e inconsciente em residência; suspeito foi preso pela Polícia Militar

Uma idosa de 86 anos foi encontrada gravemente ferida em sua residência, na noite desta quinta-feira, 30. O suspeito do crime, um...

Comandante da PM destaca trabalho no cumprimento dos decretos de restrições por conta da pandemia

A Prefeitura de Brusque anunciou essa semana o aumento no número de equipes de fiscalização que contam com o apoio dos órgãos de segurança...

Polícia prende homem no Paraná por solicitar foto íntima de criança de Brusque

Na manhã desta sexta-feira, 31, a Polícia Civil do Paraná cumpriu um mandado de busca e apreensão expedido pela Vara Criminal de...

Nos últimos anos o Brasil e Santa Catarina vivem uma escalada na violência com aumentos de diversos delitos e a luta das forças de segurança pública contra o crime organizado. Mas, para surpresa de todos a maior demanda de trabalho da Polícia Militar vem da própria população “cidadão comum”, incomodado com o barulho gerado pelos vizinhos.

Em 2017das cerca de 904 mil ligações atendidas pelos agentes no Estado, 129.857 (14,36% do total) eram para restabelecer o sossego de moradores nos mais diversos tipos de reclamações como som alto, barulho reproduzidos por animais, eventos com acumulo de pessoas e outros.

Especialistas em segurança acreditam que outros chamados mais graves poderiam ser atendidos no Estado caso houvesse mais diálogo entre os moradores, já que a PM trabalha não só com a repressão de crimes, mas também com a prevenção.

Outro fato que traz transtornos para corporação policial é que mesmo no seu direito, os denunciantes na maioria dos casos são querem ser identificados, temendo represália por parte do “barulhento”.

Na cidade de Brusque não foi diferente a demanda para o atendimento de Perturbação do Trabalho e Sossego Alheio nos dois últimos anos. Em 2017 foram 923 atendimentos, em 2018: 1192.

Segundo o Major Heintje Heerdt, subcomandante da Polícia Militar de Brusque, o cidadão está em seu direito acionar a PM, mas, outra dificuldade é que muitos não querem de identificar para não criar atrito com o vizinho denunciado, fato que também prejudica o trabalho dos policiais.

Áudio com o Major Heintje Heerdt, subcomandante da PM de Brusque.

Comportamento humano

O aumento do individualismo e a diminuição do respeito entre os cidadãos em cidades cada vez mais populosas e com circulação de pessoas são dois dos principais gatilhos que justificariam a dificuldade do bem relacionamento humano.

zezinhonovo
Professor Zezinho falando sobre o comportamento dos indivíduos em sociedade.

O professor doutor José Francisco dos Santos (Zezinho), graduado em Filosofia pela Unifebe, Especialista em Fundamentos da Educação pela FURB, Mestre e Doutor em Filosofia pela PUC/SP e docente das Faculdades São Luiz e da Unifebe, também apresentou sua visão sobre esse comportamento.

Sonora com o Professor Zezinho.

Últimas postagens

CDL mostra boas expectativas para o Dia dos Pais, com o Sábado Fácil

O presidente da CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas, Fabrício Zen, comentou sobre as expectativas do comércio para o Dia dos Pais.

Conversando com Você de 05 de agosto de 2020

Conversando com Você de 05 de agosto de 2020. Ouça! Conversando com Você de 05 de agosto de...

Conversando com Você de 04 de agosto de 2020

Conversando com Você de 04 de agosto de 2020. Ouça! Conversando com Você de 04 de agosto de...

Previsão do tempo de 05 de agosto de 2020.

Previsão do tempo de 05 de agosto de 2020.

Temperô inicia nesta quarta-feira

Inicia nesta quarta-feira, 5 de agosto, a quinta edição do Festival de Inverno, o Temperô, realizado pelo...
Publicidade
WhatsApp chat