Início Notícias Educação Os desafios para a educação estadual em 2019 e a luta para...

Os desafios para a educação estadual em 2019 e a luta para que coordenadoria seja mantida em Brusque

Com a extinção das Agências de Desenvolvimento Regional no Estado em 2019, algumas regiões passaram a responder a outras, como foi o caso de Brusque, com demandas transferidas para Blumenau.

A Gerência Regional de Educação foi um dos exemplos. Porém, desde setembro do ano passado, Brusque passou a ter uma Unidade de atendimento na área da educação para o Estado, responsável por atender oito municípios: Tijucas, Canelinha, São João Batista, Nova Trento, Major Gercino, Guabiruba, Brusque e Botuverá. É a Coordenadoria Regional da Unidade de Atendimento de Educação em Brusque, sob comando de Darli Zunino.

Os desafios para a educação estadual em 2019 e a luta para que coordenadoria seja mantida em Brusque

Desde setembro de 2018, foi criada a coordenadoria de Brusque. (Foto: Diplomata FM)

Os municípios que são atendidos pela coordenadoria formam a 16ª Região do Estado, e, por isso, há o interesse de que sejam mantidos os atendimentos na base que está situada em Brusque. Desde que a Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) foi desativada no início de 2018, os cinco municípios do Vale do Rio Tijucas passaram a responder à coordenadoria da Grande Florianópolis e os municípios da regional Brusque respondiam a Blumenau. Desde setembro de 2018, foi criada a coordenadoria de Brusque. “Em relação a parte administrativa, eles [municípios do Vale do Rio Tijucas] nunca saíram daqui, eles permaneceram sempre conosco, ficou só mais a parte pedagógica mesmo”, destaca Darli.

“A nossa solicitação aos representantes da nossa regional dos oito municípios é para que lutem para que realmente nossa unidade de atendimento permaneça em Brusque”.

Escola de Educação Básica João Boos

Darli Zunino destaca que 2019 será um novo de muitos desafios. Uma das dificuldades apontadas por ela nas escolas é com relação a infraestrutura e neste fator à Escola de Educação Básica João Boos, em Guabiruba, é uma das mais críticas. Com o fim das ADRs, o projeto arquitetônico de reforma e ampliação da E.E.B. João Boos foi interrompido.

Conforme a coordenadora, um Engenheiro de Blumenau foi contatado sobre a situação da Escola João Boos, pois há promessas para a construção de uma nova escola no local. “As últimas chuvas prejudicaram muito a Escola. Conseguimos uma empresa que fará um primeiro reparo, mas conforme o Engenheiro, nos próximos seis meses, esperamos que isso dê certo realmente, nós possamos estar começando com a construção da Escola João Boos”, detalha.

O Jornal da Diplomata repercute o assunto na segunda-feira, 28 de janeiro, com entrevista concedida pela Coordenadora Regional da Unidade de Atendimento de Educação em Brusque, Darli Zunino ao nosso departamento de Jornalismo.

Must Read

Colisão entre dois carros movimenta bombeiros em Guabiruba

O Corpo de Bombeiros foi acionado para uma colisão entre dois veículos, por volta das 11h35 deste domingo, 15. O acidente ocorreu...

Vara Criminal destina mais de R$ 138 mil para dois projetos sociais

A Vara Criminal da Comarca de Brusque, presidida pelo Juíz de Direto, Edemar Leopoldo Schlosser, destinará recursos oriundos de prestações pecuniárias, no valor de R$...

Balneabilidade apresenta melhora no litoral catarinense, diz IMA

O Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA) divulga o relatório de balneabilidade referente a coletas realizadas de 09 a 13...

Concurso Público para Prefeitura de Guabiruba será realizado neste domingo (15), na Unifebe

A Universidade Regional de Blumenau (FURB) realizará no Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE), neste domingo (15), concurso público para contratação imediata e cadastro reserva de...

Duas mulheres são detidas por furto em loja; mais de 3 mil em mercadorias

Por volta das 17h44min uma guarnição Policial Militar deslocou até a Rod. Antônio Heil, Bairro Centro, em um estabelecimento comercial, pois os...
WhatsApp chat