Início Notícias Geral Comissão mista espera por melhoras e soluções no Cartório de Registro de...

Comissão mista espera por melhoras e soluções no Cartório de Registro de Imóveis

A comissão que acompanha a intervenção no Registro de Imóveis da Comarca de Brusque, em face de problemas no atendimento, voltou com expectativas de melhoras e soluções vindouras após o encontro com o Corregedor do Tribunal de Justiça de SC, desembargador Roberto Lucas Pacheco, na Capital.

Conforme o advogado Roberto Pedro Prudêncio Neto, o desembargador, que detém a fiscalização sob todos os cartórios extrajudiciais do estado, não tinha conhecimento da real situação em Brusque.

“A corregedoria se colocou surpresa, não tinham conhecimento dessa situação, foram muitos válidos os relatos de todos os representantes e acredito que no tempo mais breve possível será averiguado e solucionado – palavras do próprio corregedor. A intenção do Tribunal é deixar transparente, ágil e seguro dentro da legislação e é isso que nós desejamos”, frisou Prudêncio Neto.

Advogado Roberto Prudêncio Neto em entrevista concedida ao Jornal da Diplomata

Ainda segundo a comissão, a interventora do cartório será procurada pela Corregedoria.

No tocante aos prejuízos, Prudêncio atentou para a alta demanda de licenças, autorizações e reconhecimentos extrajudiciais, que transitam nos setores públicos, como IBPLAM, imobiliárias, advogados e despachantes. Como exemplo, Prudêncio falou sobre prazos de licenças para linhas de financiamento.  

“A prefeitura deixa de arrecadar impostos, o construtor está preocupado porque várias questões passam pelo financiamento que precisam de bancos. Se não tem o Registro de Imóveis funcionando ninguém recebe e fica retido uma quantidade financeira muito grande que deixa de circular no município. É uma cadeia que envolve todos os setores”, destacou.

Prudêncio Neto comenta alta demanda de autorizações para financiamentos

“Por exemplo, aquele cidadão que está morando de aluguel e comprou através do financiamento do Minha Casa Minha Vida – já é difícil a aprovação – se o Registro de Imóveis não consegue dar o documento no prazo, perde-se o financiamento. É uma situação complicada e complexa que envolve todo o município”, concluiu.

No encontro, a comissão também pleiteou pela abertura de um segundo Cartório de Registro de Imóveis.

A comissão foi formada pelos seguintes representantes.

Marcelo Cucco – Presidente dos Construtores Brusque / ABCA

Roberto Pedro Prudêncio Neto – Advogado/OAB

Rogério dos Santos – Prefeitura Municipal 

Alessandro Simas – Câmara de Vereadores 

Wendel Adriano – Imobiliária Sucesso 

David Juliano Cucco –  construtor 

Rhodney Lucas Gomes – despachante imobiliário 

Must Read

Bruscão goleia Juazeirense e está classificado para o Brasileiro da Série C

Na tarde deste domingo, 21, Brusque recebeu a equipe da Juazeirense (BA) para o confronto de volta das quartas de finais do...

Único acertador ganha prêmio de R$ 21,9 milhões na Mega-Sena

Uma única aposta, feita no estado de São Paulo, acertou os seis números do concurso 2.171 da Mega-Sena, realizado ontem (20).

PM recupera celular roubado, logo após do crime no Centro

Um roubo de celular mobilizou a Polícia Militar por volta da 1h30 deste domingo, 21, no bairro Centro. A vítima abordou o...

PM registra casos de furtos em residências; No Limeira e no Limoeiro

Uma residência no bairro Limeira foi alvo de furto, na noite de sábado, 20. A Polícia Militar registrou a ocorrência...

Moto bate em poste na rua Padre Antônio Eising

Um motociclista bateu contra um poste na rua Padre Antônio Eising, na noite deste sábado, 20. A colisão foi de forte impacto. O socorro...
WhatsApp chat