Início Notícias Esportes Brusque mostra evolução, mas não consegue parar o líder Figueirense

Brusque mostra evolução, mas não consegue parar o líder Figueirense

O Brusque FC mostrou evolução, mas não o suficiente para bater o líder isolado e 100% Figueirense, na noite desta quarta-feira (23), no estádio Augusto Bauer.

A partida acabou em 2 a 1 para o adversário, que agora terá pela frente o clássico diante do Avaí, enquanto o Brusque vai a Itajaí reencontrar o Marcílio Dias após um hiato de mais de dois anos. Para esse jogo, o time não podera contar com Zé Mateus, expulso na derrota para o Figueira.

O jogo

A novidade no Brusque foi o meia-atacante Clebinho entre os 11 titulares. Com ele, o Brusque ganhou consistência e pressionou o alvinegro, obrigando o goleiro Denis a fazer boas defesas ainda antes do intervalo.

Com domínio do jogo, o time corria riscos apenas nos contragolpes da boa equipe adversária, que perto dos 20 minutos obrigou o goleiro Zé Carlos a fazer uma grande defesa. Na sequência do lance, após escanteio, Edilson ainda tirou bola desviada na primeira trave praticamente em cima da linha.

Brusque e Figueirense se preparando para o início da partida, jogadores acompanhado as excussões dos hinos

Perto dos 30, a equipe visitante, chegou ao gol. Júlio Rusch recebeu aparentemente em impedimento, mas a arbitragem nada marcou. Na sequência da jogada, o atleta tirou toda a marcação do Brusque ameaçando o chute, até que rolou para o setor esquerdo. O lance virou um cruzamento venenoso que terminou no gol de Matheus Lucas.

Etapa final
No segundo tempo, o jogo começou semelhante a etapa inicial, com o Brusque novamente melhor. Mas foi o adversário que outra vez balançou as redes. Matheus Lucas recebeu bom passe aos 8 minutos e fez o segundo dele no jogo.

O Bruscão chegou a reagir rápido. Já no minuto seguinte, Edilson cruzou com precisão e Hélio Paraíba marcou o seu terceiro no campeonato para diminuir: 2 a 1.

Com o gol, o Brusque voltou a fazer forte pressão pelo empate. Paulo Baier, que já tinha trocado Gustavo por Jefferson Renan no primeiro tempo, tirou Karl e colocou o atacante Weverton. Depois, Mineiro, lesionado, saiu para a entrada de Cleiton, jogador que fez sua estreia com a camisa do time.

Mas a situação ficou realmente difícil perto dos 35 minutos, quando Zé Mateus foi expulso direto em lance bastante contestado pela torcida, situação que fez o Brusque ficar com um a menos.

Mesmo com 10, o time conseguiu pressionar o adversário, criou chances, mas o empate não veio.

Fonte: Texto Assessoria Brusque FC

Must Read

Interligado – Resultado segunda dia 25/03

Óculos de sol Unissex das Óticas Diniz - Em abril mega promoção de aniversário de 2 anos das Óticas de Diniz...

Handebol Brusque, masculino e feminino, entra em quadra no final de semana

O handebol de Brusque está ressurgindo. O esporte que teve grandes glórias no passado para o município vem ganhando espaço nas quadras e competições....

Conversando com Você de 25 de março de 2019

Conversando com Você de 25 de março de 2019. Ouça! Conversando com Você de 25 de março de...

Hospital de Olhos de Brusque realizará palestras gratuitas sobre saúde da mulher

O Hospital de Olhos de Brusque (HOB) realizará no próximo dia 26 de março, às 19 horas, o evento “HOB Mulher”,...

Presidente da CDL fala sobre mudanças e ampliações na Área Azul

O Jornal da Diplomata recebeu na manhã desta segunda-feira, 25, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Brusque, Fabrício Zen, que destacou...
WhatsApp chat