Início Notícias Esportes Brusque mostra evolução, mas não consegue parar o líder Figueirense

Brusque mostra evolução, mas não consegue parar o líder Figueirense

O Brusque FC mostrou evolução, mas não o suficiente para bater o líder isolado e 100% Figueirense, na noite desta quarta-feira (23), no estádio Augusto Bauer.

A partida acabou em 2 a 1 para o adversário, que agora terá pela frente o clássico diante do Avaí, enquanto o Brusque vai a Itajaí reencontrar o Marcílio Dias após um hiato de mais de dois anos. Para esse jogo, o time não podera contar com Zé Mateus, expulso na derrota para o Figueira.

O jogo

A novidade no Brusque foi o meia-atacante Clebinho entre os 11 titulares. Com ele, o Brusque ganhou consistência e pressionou o alvinegro, obrigando o goleiro Denis a fazer boas defesas ainda antes do intervalo.

Com domínio do jogo, o time corria riscos apenas nos contragolpes da boa equipe adversária, que perto dos 20 minutos obrigou o goleiro Zé Carlos a fazer uma grande defesa. Na sequência do lance, após escanteio, Edilson ainda tirou bola desviada na primeira trave praticamente em cima da linha.

Brusque e Figueirense se preparando para o início da partida, jogadores acompanhado as excussões dos hinos

Perto dos 30, a equipe visitante, chegou ao gol. Júlio Rusch recebeu aparentemente em impedimento, mas a arbitragem nada marcou. Na sequência da jogada, o atleta tirou toda a marcação do Brusque ameaçando o chute, até que rolou para o setor esquerdo. O lance virou um cruzamento venenoso que terminou no gol de Matheus Lucas.

Etapa final
No segundo tempo, o jogo começou semelhante a etapa inicial, com o Brusque novamente melhor. Mas foi o adversário que outra vez balançou as redes. Matheus Lucas recebeu bom passe aos 8 minutos e fez o segundo dele no jogo.

O Bruscão chegou a reagir rápido. Já no minuto seguinte, Edilson cruzou com precisão e Hélio Paraíba marcou o seu terceiro no campeonato para diminuir: 2 a 1.

Com o gol, o Brusque voltou a fazer forte pressão pelo empate. Paulo Baier, que já tinha trocado Gustavo por Jefferson Renan no primeiro tempo, tirou Karl e colocou o atacante Weverton. Depois, Mineiro, lesionado, saiu para a entrada de Cleiton, jogador que fez sua estreia com a camisa do time.

Mas a situação ficou realmente difícil perto dos 35 minutos, quando Zé Mateus foi expulso direto em lance bastante contestado pela torcida, situação que fez o Brusque ficar com um a menos.

Mesmo com 10, o time conseguiu pressionar o adversário, criou chances, mas o empate não veio.

Fonte: Texto Assessoria Brusque FC

Must Read

Manhã Mais – Sorteio segunda-feira 21 de outubro

Hoje temos: Um par de ingressos do Cine Gracher + 10 revelações de fotos 10x15 da Color Center, no...

Eleita nova realeza da Fenarreco

A 34ª edição da Fenarreco chegou ao fim no domingo (20). O evento foi fechado com a escolha da nova realeza da...

Brusque vence o Barroso e mantém invencibilidade sob comando de Jersinho

Na manhã de domingo, 20, o Brusque visitou o Almirante Barroso e venceu por 1 a 0. O gol Quadricolor foi marcado...

Colisão envolve dois veículos na madrugada de domingo no Centro

Na madrugada deste domingo, 20, por volta das 1h15 o Corpo de Bombeiros e Polícia Militar foram acionados para o atendimento de...

Polícia Rodoviária registrou três acidentes na rodovia no bairro Itaipava

Acidente por volta das 18h, na rodovia SC 486, no bairro Itaipava, município de Itajaí, ocorreu um acidente de trânsito com vítimas....
WhatsApp chat