Comissão vai à Capital em busca de solução para o Cartório de Registro de Imóveis

Serão apresentadas em reunião com Corregedor-Geral do TJSC dificuldades da cidade e preocupação desde a intervenção no Cartório

Outras notícias da semana

Trânsito de pedestres na Ponte Mário Olinger será interrompido na sexta-feira e sábado

A ponte Mário Olinger (Ponte do Bombeiro), que faz parte das obras da Beira Rio Margem Esquerda, vai receber as vigas e...

OAB de Brusque realiza campanha de arrecadação de alimentos

A OAB Subseção de Brusque através das Comissões da Mulher Advogada e OAB Jovem deu início à Campanha de Arrecadação de Alimentos....

Confira o Boletim Epidemiológico da Prefeitura de Brusque deste sábado (04)

A Secretária de Saúde de Brusque, por meio da Vigilância em Saúde, informa os números relacionados à pandemia de Coronavírus (Covid-19) no...

PRE interrompe trânsito para remoção de caminhão que caiu em ribanceira na SC-108

Um caminhão saiu da pista e tombou em uma ribanceira às margens da rodovia Gentil Batisti Archer (SC-108). O acidente ocorreu por...

Uma comitiva, formada por representantes da Câmara de Vereadores e Prefeitura, setor das Construtoras, Imobiliárias e Advogado, irá à Florianópolis na tarde desta quarta-feira, 23, em busca de solução para o Cartório de Registro de Imóveis de Brusque. O local está sob intervenção desde o final de 2018.

O atendimento do Ofício de Registro de Imóveis de Brusque foi suspenso no final de novembro do ano passado, e o motivo seria em decorrência de procedimento administrativo. Naquela época, o Cartório passou a ser ocupado por uma interventora. Conforme o advogado que acompanha o caso, Roberto Pedro Prudêncio Neto, a cidade parou por conta deste fato e não há cumprimento de prazos. Roberto comenta que foi procurado por construtores da cidade que explanaram suas preocupações em torno dos registros.

Por conta disso, uma comitiva, formada pelo advogado, representantes da Câmara de Vereadores e Prefeitura, setor das Construtoras e Imobiliárias, foi montada e irá à Florianópolis nesta tarde, conforme informações reportadas ao Jornal da Diplomata por Robertp Pedro Prudêncio Neto.

“Temos hoje uma situação bastante difícil na cidade de Brusque. Temos 130 mil habitantes e apenas um cartório de registro de imóveis. No final do ano passado esse cartório sofreu uma intervenção, ou seja, os titulares foram afastados, e uma interventora assumiu o cartório desde o ano passado. Estamos passando uma dificuldade muito grande em Brusque porque a cidade parou, paralisou, pois tudo está sendo revisto pela nova interventora”, comenta Roberto, que explana a preocupação com a questão financeira que já afeta o município.

“Não estão sendo ouvidas as partes interessadas. Existe uma questão financeira envolvida muito grande, pois, a prefeitura está deixando de arrecadar, os construtores deixando de transferir, compradores de vender seus imóveis, o vendedor também, então, na verdade, a bomba não estourou ainda porque era entre Natal e Ano Novo, final e inicio de ano, mas agora, como a cidade já está retomando suas atividades, essa problemática virá à tona”, destaca.

Prudêncio também explica que foi procurado pelo representante do setor das construtoras, que relatou todos os fatos e pediu ajuda e auxílio. “Nossa ideia foi fazer contato com o Corregedor-Geral do Estado de Santa Catarina, Desembargador Roberto Pacheco, que é quem detém a pasta que comanda todos os Cartórios extrajudiciais no Estado de Santa Catarina”, explica.

A comissão foi montada. “Foi feito contato com a Câmara de Vereadores, e o vereador Alessandro Simas, como líder do Governo, está indo representar, da Prefeitura de Brusque irá o diretor-presidente do Instituto Brusquense de Planejamento (Ibplan), Rogério dos Santos,  entre outras pessoas que formam a comitiva e que representam setores da cidade, como construtoras e imobiliárias.

“Estamos levando uma pauta para o Desembargador contando tudo o que está acontecendo e já buscando soluções de imediato para serem solucionadas em Brusque, porque a cidade não pode parar”. Para Prudêncio, caso a intervenção se prolongue, a situação se tornará ainda mais críticas, com o município paralisado.

 A comitiva se desloca à Capital do Estado às 14h30 desta quarta-feira, 23 de janeiro, onde será exposto as dificuldades da cidade e preocupação da comitiva, onde será protocolado documento com o pedido de ação e atuação imediata na cidade de Brusque em relação ao Cartório de Registro de Imóveis.

Acompanhe entrevista realizada pelo repórter Jaison Lorenceti!

Últimas postagens

Interligado – sorteio de 07 de julho.

Chapa de carnes da Choperia Golden Bier, agora na Golden Bier, para quem chegar antes das 19:00, a primeira rodada de chopp...

OAB de Brusque realiza campanha de arrecadação de alimentos

A OAB Subseção de Brusque através das Comissões da Mulher Advogada e OAB Jovem deu início à Campanha de Arrecadação de Alimentos....

Ari Vequi comenta novo decreto e ressalta por conscientização para evitar medidas mais drásticas após os 14 dias

O vice-prefeito de Brusque, Ari Vequi, esteve no Jornal da Diplomata na manhã desta terça-feira, 7. Em destaque, o decreto municipal que...

Conversando com Você de 07 de julho de 2020

Conversando com Você de 07 de julho de 2020. Ouça! Conversando com Você de 07 de julho de...
Publicidade
WhatsApp chat