Fernando de Faveri permanecerá no comando da Polícia Civil de Brusque em 2019

Foi oficializado na noite de sexta-feira a permanência em Brusque do Delegado Fernando de Faveri, responsável pela 17ª Delegacia Regional de Polícia Civil.

Outras notícias da semana

Hospital Azambuja fala sobre experiência com enfermeiras do Ceará no combate à Covid-19

O Hospital Arquidiocesano Cônsul Carlos Renaux – Hospital Azambuja recebeu no início do mês de agosto uma equipe de 12 enfermeiras de...

Rompimento de cabos afeta telefonia e internet na Rua Rodrigues Alves

O rompimento de cabos de telefonia e outras fiações geram preocupação e transtornos nas imediações da rua Rodrigues Alves, no Centro. O problema se...

Homem morre em acidente na Rodovia Antônio Heil

Walef de Freitas Brandão, 25 anos, morreu após um acidente na rodovia Antônio Heil, envolvendo dois carros e uma motoneta. De acordo...

Primavera: paisagismo do município recebe constante manutenção

A Prefeitura de Brusque, por meio do setor de paisagismo da Secretaria de Obras, realiza a manutenção constante do paisagismo e ajardinamento...

Foi oficializada na noite de sexta-feira, 29 de dezembro, a permanência em Brusque do delegado Fernando de Faveri, atual responsável pela 17ª Delegacia Regional de Polícia Civil.

Fernando aguardava confirmação do seu futuro em Brusque por conta da transição de governo estadual.

A informação foi confirmada à imprensa na manhã deste sábado (29), pelo próprio delegado, que se diz feliz com a notícia. “De pronto, aceitei, pois esse sempre foi o meu desejo, melhorar ainda mais a segurança pública de Brusque e região”, diz.

O convite foi feito pelo Delegado-Geral de Polícia Civil de Santa Catarina, Paulo Koerich, anunciado como novo Delegado-Geral de PC pelo Governador eleito de SC, Carlos Moisés (PSL), para que de Faveri permaneça no cargo em Brusque na próxima gestão do Governo do Estado.

“Durante esse período de escolha dos nomes pelo novo Governo, houve manifestação formal de diversas entidades de Brusque como Acibr, CDL, Observatório, OAB, entre outras, requerendo a permanência, o que muito me alegrou”, salienta de Faveri.

Em conversa com o Jornal da Diplomata, Fernando destaca que um de seus primeiros grandes atos em 2019 é manter a equipe de trabalho, de forma integral, bem como a chefia da Divisão de Investigação Criminal, sob o comando do delegado Alex Bonfim Reis, que já atua no setor há cerca de dez anos. A Polícia Civil encerra o ano com baixa taxa de homicídios, e redução no número de mortes no trânsito.

“O primeiro ato será a manutenção da nossa equipe de delegados, considerando que muitos se promoveram neste final de ano. Farei o possível para manter nosso forte time, defendendo a importância de que todos se mantenham, tendo em vista o grande trabalho que vem fazendo, junto com nossos agentes e escrivães”, finaliza.

Últimas postagens

Manhã Mais – Sorteio de 29 de setembro.

Sorteio de uma lavação de tapetes da Fischer Persianas. Tapete limpo sequinho e cheiroso através da Spniner carpet na sua casa....

COVID-19: Boletim epidemiológico 27 de setembro

A cidade de Brusque já tem 5389 pacientes recuperados do coronavírus. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado neste domingo (27) o total de casos confirmados...

Brusque não participará dos Jogos Abertos de Santa Catarina

A Fundação Municipal de Esportes (FME) de Brusque divulgou nota destacando que o município não será uma das sedes e também não...

Condutores são socorridos após colisão entre carro e caminhão, na Beira Rio

Um acidente entre carro e caminhão foi registrado na manhã desta segunda-feira (28), por volta das 10h, na margem direita da Avenida Beira Rio,...

Histórias da construção civil: Aos 72 anos, trabalhador atua há mais de meio século no setor

Aos 72 anos de idade, o pedreiro Raul Coelho da Silva está na ativa e a todo vapor. E não pensa em...
Publicidade
WhatsApp chat